Legislativo aprova questionamentos de Meneguzzi sobre o quadro de pessoal da FAS

janeiro 21, 2020

A intenção é apurar denúncias de suposto excesso de FGs em cargos de Coordenação

A Câmara de Vereadores aprovou um pedido de informações do vereador Alberto Meneguzzi/PSB, na sessão representativa desta terça-feira (21). O requerimento se refere ao quadro de pessoal da Fundação de Assistência Social (FAS).

Segundo o parlamentar, os questionamentos surgiram por meio de denúncias sobre suposto excesso de FGs para cargos de coordenação. “Preciso ter estes dados para dar razão ou não ao cidadão que fez a denúncia. Caso tenha fundamento, encaminharei para a presidente da FAS, Marles Stela Sebben. É um trabalho de colaboração,” ressalta.

Entre as justificativas de Meneguzzi, está o pleno funcionamento do Cadastro Único (CadÚnico), que realiza a habilitação para o recebimento dos benefícios sociais. De acordo com ele, é necessário ter uma estrutura funcional que supra a demanda de atendimento da população.

QUESTIONAMENTOS

1. Qual o número de servidores lotados na FAS e a distribuição deles em cargos de provimento efetivo, cargos comissionados (CCs), estagiários e celetistas, se for o caso?

2. Quantos servidores são detentores de Função Gratificada (FG) e quais os respectivos níveis?

3. Quais servidores ocupam cargos de Coordenador(a) ?

4. Quais servidores trabalham no setor do Cadastro Único (CadÚnico)?

Vereador lamenta falta de segurança no interior de Caxias do Sul

janeiro 14, 2020

Alberto Meneguzzi questiona planejamento de ações de segurança no interior

O vereador Alberto Meneguzzi/PSB se manifestou, na sessão representativa desta terça-feira (14), sobre a falta de segurança no interior de Caxias. O parlamentar lamenta a situação, que resultou em um assalto ocorrido no dia 06 de janeiro, na propriedade do ex-vereador Raimundo Bampi, na localidade de São Virgílio. As vítimas foram levadas para o banheiro, amarradas e torturadas.

Nosso interior não tem segurança. Duvido que alguma viatura da Brigada Militar circule por lá. Estamos em pleno período de colheita de uva, o agricultor vai para lavoura, volta depois de um dia cansativo, e recebe como prêmio a visita de assaltantes,” ressaltou. Meneguzzi acrescentou ainda a necessidade de um plano estratégico da Brigada Militar para atender o interior, que ele considera como desassistido em termos de segurança pública.

Meneguzzi cobra mais fiscalização do Procon ao preço dos combustíveis

janeiro 14, 2020

Parlamentar acredita que não há reflexo da queda de preço anunciada pelo governo nos postos de Caxias

O vereador Alberto Meneguzzi/PSB se pronunciou na sessão representativa desta terça-feira (14), sobre uma notícia divulgada pela mídia nacional, onde o governo federal anunciou a redução de 3% no preço dos combustíveis nas refinarias. De acordo com o parlamentar, uma queda que não chegou às bombas, nos postos de Caxias do Sul.

Meneguzzi acredita que a medida não beneficia os consumidores caxienses. Além disso, de que há um acordo entre os revendedores para manter o preço alto. “A desculpa desses donos de postos, que mais são donos de cartéis do que qualquer outra coisa, é de que o governo aumentou nas refinarias, por isso que eles aumentam nas bombas. Mas agora, baixou nas refinarias. Irei enviar um documento ao Procon, para que ele faça uma investigação profunda e fique de olho nesses donos de postos. Já que os preços baixaram nas refinarias, que eles reduzam também o valor nas bombas”, ressaltou.

Vagas Sine Caxias do Sul, Quinta-Feira 09 de janeiro

janeiro 8, 2020

Vagas Sine Caxias do Sul – 09/01/2020

ALIMENTADOR DE LINHA DE PRODUÇÃO

AJUDANTE DE ELETRICISTA

AJUSTADOR MECÂNICO

AUXILIAR DE LIMPEZA

AUXILIAR TÉCNICO DE MONTAGEM

AUXILIAR DE MECÂNICO DE AUTOS – URGENTE-

ATENDENTE DE LANCHONETE -URGENTE –

AUXILIAR DE ALMOXARIFE

AUXILIAR DE COZINHA

AUXILIAR DE EXPEDIÇÃO

AUXILIAR TÉCNICO EM OBRAS DE INFRA-ESTRUTURA DE ESTRADAS – URGENTE –

CAVALARIÇO

COMPRADOR

CERAMISTA

CONSULTOR DE VENDAS

COZINHEIRO GERAL

COSTUREIRA EM GERAL

COBRADOR EXTERNO

CONDUTOR DE ESCAVADEIRA

CUIDADOR DE IDOSOS

ENCANADOR INDUSTRIAL

ELETRICISTA DE INSTALAÇÕES

ELETRICISTA

EDUCADOR INFANTIL DE NÍVEL MÉDIO

FERRAMENTEIRO

FLORISTA

FRESADOR (FRESADORA UNIVERSAL)

GERENTE COMERCIAL – POLIDOR –

LÍDER DE PRODUÇÃO, NO ACABAMENTO DE CHAPAS E METAIS

MECÂNICO AJUSTADOR

MECÂNICO DE MANUTENÇÃO DE MÁQUINA, EM GERAL

MOTORISTA DE CAMINHÃO

MECÂNICO DE MOTOR A DIESEL

MECÂNICO DE MANUTENÇÃO E INSTALAÇÃO DE APARELHOS DE CLIMATIZAÇÃO E REFRIGERAÇÃO

OPERADOR DE CAIXA -PCD

OPERADOR DE ESCAVADEIRA

OPERADOR DE CENTRO DE USINAGEM COM COMANDO NUMÉRICO

OPERADOR DE EXTRUSORA

OPERADOR DE JATO DE GRANALHA

OPERADOR DE LIXADEIRA

OPERADOR DE MÁQUINAS DE DOBRAR CHAPAS

OPERADOR ELETROMECÂNICO

PROMOTOR DE VENDAS

PEDREIRO

PINTOR INDUSTRIAL

RECENSEADOR

SERRALHEIRO

SERVENTE DE LIMPEZA – URGENTE-

SEPARADOR DE SUCATAS

SUPERVISOR DE CONSERVAÇÃO DE OBRAS

SOLDADOR

SUPERVISOR DE CONSERVAÇÃO DE OBRAS

TÉCNICO DE MANUTENÇÃO ELETRÔNICA

TÉCNICO DE APOIO AO USUÁRIO DE INFORMÁTICA (HELPDESK)

TORNEIRO CNC

TORNEIRO MECÂNICO

TÉCNICO DE PROCESSOS (PLÁSTICO)

TÉCNICO ELETRÔNICO

VENDEDOR INTERNO

VENDEDOR PRACISTA – URGENTE –

ZELADOR

OBS. AS VAGAS ACIMA ESTARÃO DISPONÍVEIS DE ACORDO COM O NÚMERO DE CANDIDATOS SOLICITADOS PELO EMPREGADOR.

PCD VAGAS EXCLUSIVAS PARA PESSOAS COM DEFICIÊNCIA (COM LAUDO MÉDICO)

Meneguzzi propõe transformação da Orquestra de Sopros em patrimônio imaterial de Caxias

janeiro 6, 2020

Parlamentar intermediou reunião de integrantes com o Executivo

O vereador Alberto Meneguzzi/PSB protocolou, nesta segunda-feira (06), uma Indicação, sugerindo que o Executivo transforme a Orquestra Municipal de Sopros em Patrimônio Imaterial do Município. A proposição surgiu depois de ma reunião intermediada pelo parlamentar, no dia 29 de dezembro do ano passado com o então prefeito interino Flavio Cassina/PTB. Junto com Meneguzzi estiveram representantes da Orquestra. Eles foram levar ao Executivo, a preocupação com o futuro do órgão cultural.

A preocupação dos músicos levou Meneguzzi a propor a inclusão da Orquestra no patrimônio público municipal. “A Orquestra de Sopros é um importante órgão no cenário cultural do Município. Se trata de uma medida para assegurar a continuidade e a disponibilização de recursos para garantir o pleno funcionamento do grupo musical”, ressalta Meneguzzi que não descarta a possibilidade de entrar com um projeto de lei com relação ao tema.

Meneguzzi está entre os vereadores que mais protocolaram Indicações ao Executivo

dezembro 18, 2019

Plataforma digital e redes sociais colaboraram para o encaminhamento das demandas

Nos primeiros três anos de mandato, o vereador Alberto Meneguzzi/PSB protocolou 399 Indicações ao Executivo e entidades privadas. Este ano, foram 113 encaminhamentos. Os dados se referem a dois anos legislativos, sendo que, em 2017, foram 286 sugestões. Isso porque, em 2018, como presidente da Câmara, segundo o Regimento Interno, ele ficou impedido de legislar.

A estatística colocou Meneguzzi entre os parlamentares que mais apresentaram Indicações nesta legislatura. O expediente é uma das formas da população encaminhar demandas por meio do Legislativo. Segundo ele, isso se deve à facilidade de encaminhamento das demandas. Entre eles, a plataforma digital Acredita Caxias, que facilita o acesso da população ao gabinete do vereador, que realiza um acompanhamento efetivo dos pedidos. O aplicativo foi premiado, em 2017, no Congresso Paranaense de Cidades Digitais. “As redes sociais colaboram de forma efetiva para que o contribuinte possa solicitar serviços e encaminhar reclamações, enviando fotos e áudios, garantindo um maior acesso e celeridade na resolução das demandas”, ressalta.

Outro ponto destacado por Alberto Meneguzzi é o acompanhamento dos processos por parte da equipe do gabinete. Ele acredita que as Indicações são uma ferramenta de auxílio ao Executivo e também ao Legislativo. “Muitas vezes, os vereadores têm ideias que não podem ser transformadas em projeto de lei e este tipo de expediente é o que nos resta apresentar, já que o Executivo não consegue ser 100% eficiente. Por outro lado, muitas demandas originam propostas por parte dos vereadores”, salienta Meneguzzi.

Vereador apoia incentivo para a capacitação de jovens que vivem no campo

dezembro 17, 2019

Parlamentar destacou a importância do trabalho da EFA Serra

O vereador Alberto Meneguzzi/PSB votou a favor do projeto de lei que concede bolsas de estudo a filhos de agricultores, matriculados em instituições de Ensino Médio Técnico-Profissionalizante da área agrícola. A matéria é de autoria do Executivo e foi aprovada em uma das três sessões extraordinárias ocorridas nesta terça-feira (17), em paralelo à primeira sessão representativa depois do recesso parlamentar, que começou na última quinta-feira (12).

Conforme a proposta, o valor da bolsa será de R$ 150. O governo municipal justificou o projeto, como uma forma de estimular a permanência dos jovens no campo. Em declaração de voto, Meneguzzi saudou professores e alunos da Escola Família Agrícola (EFA Serra), que assistiram a votação. O parlamentar acredita que o trabalho da escola beneficia a permanência de jovens no meio rural.

“A Escola Família Agrícola é uma resistência à péssima educação no meio urbano, que tem repudiado a terra. A EFA tem se revelado como uma resistência ao sistema educacional, proporcionando que os filhos e os pais se entendam nesse processo de sucessão rural e na implementação de técnicas nas suas propriedades”, ressaltou.

Ouça a notícia em podcast

“Executivo emperra a tramitação do projeto antinepotismo”, diz Meneguzzi

dezembro 13, 2019

Estratégia do governo municipal impediu a votação da proposta este ano

O cumprimento de um parecer da consultoria Delegações das Prefeituras Municipais (DPM) pela Comissão de Constituição, Justiça e Legislação (CCJL) abriu oportunidade para que o governo municipal pudesse emperrar a tramitação do Projeto de Emenda à Lei Orgânica Municipal nr. 02/2019, denominado como Lei Antinepotismo. A matéria prevê a alteração no Artigo 7º da Lei Magna de Caxias do Sul.

O órgão consultivo sugeriu que o projeto fosse encaminhado para parecer do Executivo, por se tratar de uma legislação que vai afetar diretamente os dois poderes. Na proposta da bancada do PSB, os vereadores Alberto Meneguzzi, Edi Carlos Pereira de Souza e Elói Frizzo pretendem proibir a nomeação de cargos comissionados (CCs) até o terceiro grau de parentesco por agentes políticos da administração direta (Prefeitura) e indireta (Codeca, FAS e Samae) e na Câmara de Vereadores.

O projeto foi protocolado em maio deste ano. Em outubro, conforme indicado pela DPM, a Comissão encaminhou o material para análise do Executivo. Entretanto, até o encerramento do ano legislativo, ocorrido nesta quinta-feira (12), ele não foi devolvido pelo governo municipal. “São sete meses tramitando. A Comissão de Constituição e Justiça fez a sua parte, mas o prefeito usou a mesma estratégia que adotou em relação ao projeto que tornou as bancas de revistas como patrimônio imaterial de Caxias para que o projeto não entrasse na pauta de votação este ano, empurrando a decisão do plenário exatamente para o ano eleitoral”, avalia.

Conforme o parlamentar, a intenção da matéria é moralizar o serviço público. “Precisamos acabar com essa farra praticada pelo atual governo, nomeando parentes e amigos, encoberto por uma falsa seleção curricular e evitar que novos governantes façam o mesmo. A nossa proposta também servirá para o Legislativo”, reforça Meneguzzi.

Por meio de ofício, o presidente da CCJL, vereador Adiló Didomenico/PTB, informou que vai oficiar o Executivo para que devolva o projeto com urgência. Além dos três vereadores da bancada do PSB, outros 15 parlamentares também assinaram a proposição.

Ouça a notícia em podcast

Alberto Meneguzzi integrará as Comissões de Saúde e de Educação em 2020

dezembro 12, 2019

Parlamentar também estará na Mesa Diretora

O vereador Alberto Meneguzzi/PSB será integrante de dois grupos de trabalho legislativos, no próximo ano. Ele vai compor as Comissões Permanentes de Saúde e Meio Ambiente (CSMA) e de Educação, Ciência, Tecnologia, Inovação , Cultura, Desporto, Lazer e Turismo (CECTICDLT). A homologação dos nomes indicados pelas bancadas ocorreu na sessão desta quinta-feira (12), logo depois da eleição da nova Mesa Diretora. Os novos integrantes começarão a trabalhar em fevereiro do próximo ano, logo depois da abertura do ano legislativo, prevista para o dia 4.

Este ano, Meneguzzi participou dos colegiados de Educação e de Agricultura, Agroindústria, Pecuária e Cooperativismo (CAAPC). O vereador considera que a inclusão no grupo parlamentar em defesa da saúde pública deverá formalizar ainda mais a atuação dele neste setor, em 2020. Apesar de não fazer parte da Comissão de Saúde, este ano, ele acompanhou as reuniões e decisões do grupo parlamentar.

Mantive uma postura propositiva e, principalmente, fiscalizadora sobre as ações do Executivo para a prestação de um serviço de qualidade para a população. Encaminhei todas as denúncias que chegaram ao meu gabinete, seja em relação à gestão pública, mas também, ao serviço terceirizado pelo Executivo. No ano que vem, a minha atuação será a mesma, agora investido da autoridade imposta pela cadeira que ocuparei na Comissão”, afirma.

Na mesma sessão, a última em caráter ordinário de 2019, Alberto Meneguzzi foi reeleito como 2° secretário da nova Mesa Diretora, representando o PSB.

Ouça a notícia em podcast

Meneguzzi reeleito para 2° secretário da Mesa Diretora do Legislativo

dezembro 12, 2019

Vereador de primeiro mandato completará quatro anos na direção da Câmara  

O vereador Alberto Meneguzzi/PSB participará da Mesa Diretora do Legislativo de Caxias do Sul pelo quarto ano consecutivo. Nesta quinta-feira (12), ele foi reeleito como 2° secretário da nova diretoria, que terá o vereador Ricardo Daneluz/PDT como presidente, no próximo ano legislativo.
Juntamente com Meneguzzi, farão parte da mesa, os vereadores Paulo Périco/MDB como 1° vice-presidente; Alceu Tomé/PTB como 2° vice-presidente e Tatiane Frizzo/SD como 1ª secretária.
Em 2017, no primeiro ano de mandato, Alberto Meneguzzi ocupou o cargo de 1º vice-presidente de Felipe Gremelmaier/MDB. No ano seguinte, presidiu a Mesa Diretora e, este ano, participa como 2º secretário do presidente Flavio Cassina/PTB.

Ouça a notícia em podcast