Meneguzzi Nenhum comentário
Essa equipe da foto honrou serviço público ( Aline, Fernando e Romila).
Uma honra ter trabalhado com eles no gabinete.
Hoje, nos despedimos momentaneamente.
Já recolhemos as nossas coisas e o gabinete que ocupávamos será de outro vereador. Sempre falei, em todas as nossas reuniões, que “estávamos ali” representando pessoas. Um mandato eletivo tem apenas um dono: o povo.
Saio de cabeça erguida e com a consciência de que fiz o melhor que pude nestes quatro anos de mandato.
Democracia é isso e eleição é importante para que possamos renovar, mudar, eleger quem a gente achar que deve eleger. Em 2016, me elegi raspando. Desta vez, não me elegi. Outros se elegeram e por certo, saberão representar seus eleitores.
O nosso gabinete não ficará vazio. A partir do dia 1º de janeiro, será ocupado pelo Senhor Gilfredo De Camillis, uma liderança comunitária séria, um senhor de 71 anos, que realiza o seu sonho de também ser vereador. Já havia sido candidato umas seis vezes e não tinha conseguido se eleger. Aliás, em 2017, o Deputado Estadual Ellton Webber me pediu que eu lhe indicasse alguém para representar o seu mandato em Caxias do Sul, eu indiquei justamente o senhor De Camillis.
Hoje, foi um dia de despedida. Conversei com meus assessores e agradeci a cada um. Nos abraçamos, rimos, choramos e agora seguimos cada qual o nosso rumo profissional e pessoal que escolhermos. Sou grato a eles por terem honrado o mandato que também era deles e por jamais, em momento algum, terem deixado quem nos procurou, seja por qual motivo fosse, sem respostas. Eles deram o melhor de si, também dei o meu melhor, a vida segue, outros assumem e viva a democracia.
Obrigado Aline, Fernando e Romila.
Jamais vou esquecer vocês.
Um agradecimento especial também ao jornalista Felipe Padilha que trabalhou comigo durante dois anos e um beijão no coração da Rosmari Bortolini ( a rosca), que esteve comigo por alguns meses e nos alegrou com o seu incrível senso de humor.
Um agradecimento especial também aos jornalistas Tales Armiliato ( que foi meu diretor de comunicação quando eu fui presidente em 2018) e ao jornalista Mauro Camargo, que eu indiquei em 2020 para ser o coordenador da TV Câmara.
Que Deus nos abençoe!
Ps: Dei a eles uma caixinha de Bis, vai que um dia a democracia, e as urnas, possibilitem um novo mandato…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *