Meneguzzi Nenhum comentário

Para o vereador, além do interesse social, atenção aos jovens dá qualificação e experiência profissional

O vereador Alberto Meneguzzi (PSB) se reuniu, na última quarta-feira, 03 de julho, com a coordenadora da Aprendizagem no Rio Grande do Sul e auditora da Secretaria do Trabalho e Previdência, Denise Gonzales. Entre outras questões, o encontro tratou sobre a importância do cumprimento da legislação sobre o programa Jovem Aprendiz. O parlamentar é proponente de diversas ações e políticas públicas voltadas à geração de emprego e renda, como o Programa Municipal do Primeiro Emprego.

De acordo com Denise, a legislação estabelece 68 mil vagas para aprendizes, no Rio Grande do Sul. No entanto, na prática, os contratos chegam a pouco mais da metade, num total de 35 mil, de acordo com dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), se levado em conta o ano de 2018. Em Caxias do Sul, são mais de 2,5 mil caxienses atendidos e outas 1,3 mil vagas em aberto. Atualmente, com a aprendizagem, os jovens têm direitos como a Carteira de Trabalho assinada e a Previdência Social.

Para Meneguzzi, é necessário cumprir a lei das cotas do Jovem Aprendiz para conceder dignidade e cidadania aos jovens. Ele reitera que, além do interesse social, a atenção a esse público em específico dá qualificação e experiência profissional. “Tenho dito repetidas vezes que não podemos fechar escolas de profissionalização, não podemos deixar os jovens largados à própria sorte. Os jovens precisam da nossa atenção. E conversar com a Denise me esclareceu ainda mais que a aprendizagem é um trunfo para a superação da violência e da criminalidade”, conclui

Ao final do encontro, Meneguzzi recebeu o Manual da Aprendizagem, desenvolvido pelo Ministério do Trabalho e Emprego.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *