Mais nove pessoas morrem de covid-19 nas últimas horas em Caxias do Sul

junho 7, 2021
*Fonte: Secretaria de Saúde de Caxias do Sul
ATUALIZAÇÃO DADOS CAXIAS DO SUL 07/06/2021
ACRÉSCIMO DE MAIS 09 ÓBITOS
52.506 casos positivos (48.903 recuperados; 2.296 em isolamento domiciliar, 139 pacientes de Caxias em enfermaria, 139 pacientes de Caxias em UTI; e 1.029 óbitos)
2.004 aguardando resultado
157.759 casos negativos
.
Ocupação UTIs
UTI Adulto privado (clínico): 49 leitos ocupados, 94%
UTI Adulto privado (covid-19): 81 leitos ocupados, 95%
UTI Adulto SUS (clínico): 34 leitos ocupados, 100%
UTI Adulto SUS (covid-19): 63 leitos ocupados, 109%
.
Às 17h desta segunda-feira, 32 pessoas aguardavam por um leito de UTI pelo SUS. Destas, 10 de Caxias do Sul aguardando leito de UTI covid; 11 de outros municípios aguardando leito de UTI covid em hospitais de Caxias; oito de Caxias aguardando leito de UTI clínico; três de outros municípios aguardando leito de UTI clínico em hospitais de Caxias.

Explicações que a polícia a administração da UPA ZONA NORTE precisam dar

junho 7, 2021

*Por Alberto Meneguzzi

Quem faz a segurança da Upa Zona Norte? A UCS, que administra o local, recebe R$ 1,8 milhão por mês para fazer a gestão da UPA. Tem esquema de segurança quando os apenados dos presídios são levados para atendimento no local? Este sistema de escolta, é o ideal? A função da Guarda Municipal, qual é afinal: fazer blitz de trânsito ou cuidar do que é público?

E o batalhão de choque, com mais de 100 policiais, que ocupam o antigo Senai José Gazola, bem pertinho da UPA, como se ocupam? E a Susepe, não tem outro modelo de escolta de presidiários, ainda mais com um apenado com histórico terrível de confronto com forças de segurança? E quem se importa com os funcionários da UPA, que vivem constante perigo?

Em tempo: minha solidariedade aos familiares do agente penitenciário morto nesta madrugada quando escoltava um preso perigoso até a UPA. Este apenado, forjou que estava com uma crise renal, e fez com que fosse levado até a UPA Zona Norte. Lá já havia todo um esquema organizado para resgatar este bandido.

Inteligência policial para o caso? Zero, por enquanto.

Samuel Sodré: boas histórias, muitas músicas e um exemplo de superação.

junho 7, 2021

O músico e escritor Samuel Sodré contou muitas histórias, cantou outras tantas músicas e encantou quem o escutou no programa Acredita na manhã deste domingo na Rádio Caxias.
Impossível não se emocionar com a sua simplicidade. Também ele teve que, ao longo dos anos, se reinventar, buscar novos caminhos, descobrir outros repertórios.

 

Clique aqui para ver o vídeo no Youtube

[ https://youtu.be/bwCwlQDAwFY

Marcos Kirst: ” Leitura tem que ser algo leve, divertido e convidativo”

junho 7, 2021

 Marcos Kirst: ” Leitura tem que ser algo leve, divertido e convidativo”

Marcos Kirst: ” Leitura tem que ser algo leve, divertido e convidativo”

O jornalista e escritor Marcos Kirst tem uma convicção: a leitura transforma o cidadão e transforma o profissional de qualquer área em uma figura destacada.
Kirst foi entrevistado no programa Acredita neste domingo, dia 06 de junho, pelo jornalista Alberto Meneguzzi.

Marcos Kirst: ” Leitura tem que ser algo leve, divertido e convidativo”

Veja no canal do Youtube a entrevista completa

https://youtu.be/GJf9p4az3CU      https://youtu.be/GJf9p4az3CU

Alimentação saudável é cara? Dica da Tati no Acredita

junho 7, 2021

Alimentação saudável é cara? Dica da Tati no Acredita

A especialista em alimentação saudável Tatiana Fernandes falou sobre os preços de alguns produtos para manter uma alimentação saudável. No Dica da Tati, ela explica que com uma boa pesquisa de preços e com um pouco de criatividade, dá para encontrar bons preços e se alimentar melhor. ” É comunidade de verdade” diz Tati. Ela participa aos domingos no programa Acredita na Rádio Caxias 93,5 FM

Como procurar a Tati no intagram: @tatianasafi_

Como enfrentar nossos medos e dores – Café com terapia no Acredita

junho 7, 2021

Como enfrentar nossos medos e dores – Café com terapia

Na música da banda Jota Quest, há um trecho da letra que diz ” Ei dor, eu não te escuto mais, você não me leva a nada. Ei medo, eu não te escuto mais, você não me leva a nada. E se quiser saber para onde eu vou, para onde tenha sol, é para lá que eu vou”. Como encarar nossos medos e dores e buscar novos caminhos na vida: este foi o assunto deste domingo no programa Acredita, na participação da Psicóloga Marcia Dip e o jornalista Alberto Meneguzzi.

No instagram, você encontra a Márcia no @dip.marcia.

Programa Acredita é um diferencial na comunicação da Serra Gaúcha

maio 7, 2021

Acredita é um diferencial na comunicação da Serra Gaúcha

O projeto contempla programa semanal de rádio, com lives transmitidas pelo facebook e recortes para diferentes mídias e plataformas

O Acredita, comandado pelo jornalista e relações-públicas Alberto Meneguzzi, fechou um mês no ar com transmissão pela Rádio Caxias 93,5 FM, aos domingos, das 8h às 10h. O programa de rádio contabiliza em apenas cinco edições mais de 30 entrevistas com temas relevantes na área da saúde, educação, bem-estar, alimentação saudável, turismo, iniciativas sociais, empreendedorismo, direito, espiritualidade, esporte, cultura, emprego, entre outros. Além de ouvir pelo tradicional “radinho” ou no aplicativo RDCaxias, é possível acompanhar o programa pela live no Facebook da emissora e nos próprios canais do projeto Acredita. Somente nos últimos quatro programas foram registradas mais de 10 mil visualizações na página do Facebook. Meneguzzi aposta nestas diferentes formas de “fazer rádio” para atingir todos os públicos. Pensando nisso, ele faz “recortes” das entrevistas dominicais e publica no canal do YouTube e Instagram (meneguzziacredita) e em plataformas de áudio.

O programa está se consolidando como um diferencial na comunicação da Serra Gaúcha por ser leve e de alto astral, regado à boa música e informação. A produção preza por pautas e fontes que muitas vezes passam despercebidas no dia a dia, porém, são temas presentes na vida das pessoas, como é o caso das entrevistas relacionadas a saúde física e mental em tempos de pandemia. O objetivo é transmitir uma mensagem do bem e que ajude o público. “Recentemente exibimos depoimentos de jovens integrantes do Projeto Pescar Paróquia São José e um empresário ouviu no rádio do carro e imediatamente mandou mensagem no WhatsApp da rádio para pedir o contato do responsável do projeto. Dias depois soube que este empresário contratou um jovem do projeto. Me emociono em pensar que isso deva mudar a realidade deste rapaz e sua família. Por outro lado, o empresário ficou satisfeito de ajudar de forma prática, assim como os envolvidos com o projeto que igualmente ficaram felizes em ter o trabalho reconhecido”. Meneguzzi “Acredita” que esse seja o verdadeiro papel da comunicação.

 

PROGRAMA ACREDITA: Domingos – das 8h às 10h Apresentação – Alberto Meneguzzi

Transmissão – Rádio Caxias 93,5 FM, APP e Facebook/RdCaxias,

site www.radiocaxias.com.br e nos canais do Projeto Acredita – YouTube e Instagram

(meneguzziacredita) e plataformas de áudio.

Arte e folclore: Grupo Girotondo lança Filò Formativi de Difusores del Talian

maio 6, 2021

Os encontros visam contribuir para a preservação da Cultura Taliana, difusão e salvaguarda da Língua Talian

O grupo folclórico caxiense Girotondo lança uma série de cinco lives intitulada de Filò Formativi de Difusores del Talian (Encontros Formativos de Difusores do Talian) nos dias 17, 24 e 31 de maio; 07 e 14 de junho, sempre às segundas-feiras, às 19h30min. O projeto foi contemplado pelo Edital Criação e Formação – Diversidade das Culturas da Fundação Marcopolo, com recursos da Lei Aldir Blanc nº 14.017/20.

Os encontros serão virtuais, sendo que os interessados deverão inscrever-se pelo e-mail [email protected] informando o nome, município, WhatsApp e 10 minutos antes do início do Filò será enviado um link de acesso à plataforma da internet. O Grupo Girotondo disponibilizou ainda outras formas para acompanhar os encontros formativos no Facebook/grupogirotondo ou pelo canal no Youtube.com/c/girotondocaxias. Os participantes ganham o livro Talian Par Cei e Grandi – Gramàtica e Stòria (Talian para Crianças e Adultos – Gramática e História), que está sendo apresentado no primeiro filò, dia 17 de maio. As lives terão uma hora e 15 minutos de duração com a maior parte da condução e execução ao vivo e inserções de vídeos pré-produzidos e editados que atendam a qualidade e dinâmica do evento. O Ponto de Cultura Casa das Etnias é o espaço escolhido para o ensaio, no dia 10 de maio, e para as apresentações das cinco a lives.

Um dos integrantes do Grupo Girotondo, Ladir Brandalise, explica que nas cinco edições do Filò Formativi serão trabalhados e difundidos conhecimentos sobre a língua e a cultura do Talian em sua gramática, literatura, em seus jogos, saberes e fazeres, comungando experiências e demonstrando oportunidades didáticas por intermédio da música, do teatro, da poesia e do canto coral. A atividade busca a participação e a organização de pessoas, criando um movimento em rede, que resulta no surgimento de novos agentes culturais, difusores e professores do Talian, que se sintam confiantes para atuar na área, cada um em seu município. A Língua Talian, que em 2014 foi reconhecida pelo IPHAN como Língua de Referência Cultural Brasileira (a primeira a receber este título), virou lei em Caxias do Sul (nº 8208/2017) a qual institui o Talian como a segunda língua oficial da cidade. As iniciativas demonstram que está ainda muito viva na região entre as gerações mais experientes, porém, como consequência de um período de proibição (anos 30/40) e depois por um tratamento de menosprezo (até anos 70), começou a trilhar a perspectiva do seu fim. Os próprios falantes e/ou os que entendem a língua, mas não falam, ainda não perceberam a importância do Talian para a sua cultura e identidade e precisam ser estimulados a transmitirem para as novas gerações a língua de herança.

Para João Wianey Tonus, um dos responsáveis pelo projeto, o legado desta iniciativa será o engajamento de muitas pessoas, seja da sociedade civil, das entidades públicas e da academia, de forma continuada e duradoura, nas ações de divulgação e salvaguarda da Língua e da Cultura Taliana. “As ações pensadas também poderão proporcionar um maior interesse e uma mudança de postura em relação à importância do patrimônio cultural imaterial. Dessa forma, o Filò Formativi irá contribuir para que a Língua e a Cultura Taliana continuem vivas e presentes em nosso entorno, sendo um fator de cidadania, de identificação cultural e de ganhos econômicos de uma região do RS, podendo fomentar o turismo cultural, fator de emprego e renda”, avalia.

Artigo: “Os jovens precisam de emprego”

maio 5, 2021
Os jovens precisam de emprego ( Alberto Meneguzzi)
Eu apresentava tranquilamente o programa num Domingo desses pela manhã na Rádio Caxias. Foi quando falei no ar do Projeto Pescar da Paróquia São José e coloquei depoimentos de cinco jovens que falaram como o projeto modificou suas vidas. Foi coisa de dez minutos no máximo.
Pronto.
Um executivo de uma empresa de Caxias ouviu, mandou recado pelo whats da rádio, pediu o contato do projeto, fiz a intermediação com o pessoal do Pescar/São José e fiquei muito, mas muito feliz, em saber que um dos jovens do projeto, de 18 anos, foi contratado pela instituição. A empresa, chamada SL VEÍCULOS, é revenda da FORD para toda a região da Serra e dos Vales.
Eu a Margô, choramos juntos ao saber desta notícia. O projeto que concebemos, o Acredita, tem esse objetivo: ajudar pessoas, indicar caminhos, transmitir esperança e na medida do possível ,mostrar o trabalho lindo que muitos projetos sociais fazem.
E, no que se refere aos jovens, eu tenho um carinho especial, pois trabalhei com jovens durante quase 30 anos na catequese: precisamos olhar para eles com atenção, pois muitos estão fora da sala de aula, não possuem cursos profissionalizantes e acabam se perdendo nas drogas, na depressão, no crime, na tristeza, na falta a de perspectiva de uma vida melhor. Quando um jovem, em situação de vulnerabilidade, é cuidado, ajudado na formação humana, é ouvido e orientado e recebido e amado, por qualquer instituição de ensino ou projeto social, e a ele é dado disciplina, orientação, espiritualidade e formação profissional, não tem como dar errado. A nossa juventude precisa muito de emprego. São 14, 4 milhões de desempregados no país e um percentual muito grande está na faixa etária dos 19 aos 29 anos. Isso em contar os menores aprendizes que tem cada vez menos oportunidades.
O nosso programa de Rádio, o Acredita, ajudou nisso: foi apenas UM por enquanto, mas para nós, foi motivo de muita alegria que um jovem de 18 anos, conseguiu colocação no mercado de trabalho por que alguém ouviu um programa de Rádio num domingo pela manhã e se interessou em contratar.
Que Deus abençoe os nossos jovens.
Que Deus abençoe este empresário.
Que Deus abençoe o projeto Pescar e outros projetos que trabalham com nossos jovens.
Que Deus nos abençoe como jornalistas e comunicadores que somos. Nós acreditamos em dias melhores.

Morre Mozart Roque Longhi, fundador da Comunidade Oásis

maio 5, 2021
A Diocese de Caxias do Sul, por meio de nota oficial, confirmou o falecimento de Mozart Roque Longhi, cofundador da comunidade Oásis e Diretor da Rádio Mãe de Deus.  A nota diz:

“A Diocese de Caxias do Sul comunica, com pesar o falecimento, do senhor Mosart Roque Longhi, nesta quarta-feira, 05 de maio, aos 72 anos, em decorrência de complicações da Covid-19. Ele é cofundador da Comunidade Oásis, que atua há mais de 30 anos com a evangelização por meio de encontros e retiros, além das Rádios Mãe de Deus.O velório será realizado na sede da Comunidade Oásis, no bairro Pedancino, a partir das 19h desta quarta-feira. Na quinta-feira, 06 de maio, às 11h, haverá missa de corpo presente e logo após, será levado ao Crematório São José de Caxias do Sul, onde haverá cerimônia de despedida, restrita à família. Confiantes na ressurreição, pedimos ao Senhor da Vida que lhe dê o descanso eterno e que a luz perpétua o ilumine.”

Nota de Alberto Meneguzzi, catequista, jornalista e diretor do projeto Acredita de comunicação e evangelização.
“Com profundo pesar que fico sabendo do falecimento do Mozart. Mais uma vítima de “complicações da covid-19”; Era um amigo, ainda da minha adolescência e sempre acompanhou o meu trabalho em Rádio. Mozart era um cara corajoso em se aventurar no mundo da comunicação e evangelização. Tornou potente a Rádio Mãe de Deus FM de Flores da Cunha e fez dela, uma das emissoras pioneiras numa programação 100% católica e evangelizadora. Mais do que isso, a rádio se mantém apenas com as doações de seus associados, da Comunidade Oásis.
Usando as dependências desta comunidade, organizamos vários retiros para jovens de comunidades carentes ligados à catequese. Vários dos encontros com os “filhos do céu” e nossos “Querigmas”, que reuniam centenas e centenas de jovens, foram organizados ali, em Pedancino, na linda sede da comunidade Oásis.
Um perda considerável para o projeto de Evangelização, para a comunicação, e para todos que acreditamos num mundo melhor através do seguimento rigoroso do evangelho.
Vá em paz, Mozart!
Deus abençoe a tua família.
Deus abençoe a comunidade oásis.”