Meneguzzi Nenhum comentário

Vereador diz que medidas do governo estadual contra os servidores são equivocadas

O vereador Alberto Meneguzzi/PSB votou a favor da Moção de Repúdio contra os projetos de alteração no Plano de Carreira do Magistério Público Estadual, no Estatuto do Servidor Público do Estado e na Previdência Estadual. O documento de autoria coletiva foi aprovado na sessão desta quinta-feira (07).

O parlamentar se manifestou em apoio ao expediente legislativo, ressaltando a histórica falta de investimento do Executivo Estadual na infraestrutura física das escolas e na remuneração dos profissionais. “A qualidade da escola pública hoje é de chorar. Tem que cotizar ainda para comprar o café. Milhões de burocracias para poder ganhar uma verba federal e, às vezes, perde-se ela, porque não consegue provar como vai utilizar essa merreca que o Estado manda para as escolas estaduais. Professores que ganham salário parcelado e ainda tiram no bolso para poder manter algumas escolas”, salienta.

Meneguzzi também destacou que esta realidade também se reflete em projetos de capacitação profissional e no mercado de trabalho para a juventude. Ele acredita que o governo poderia investir mais na base da cidadania. “O Estado deveria investir mais em educação, porque ai gastaria menos em construção de presídios e implantação de batalhões de choque. Além disso, fica fazendo chacota de professor, como se ele fosse o grande vilão de um Estado quebrado há 500 anos”, avalia.

O parlamentar ressaltou ainda o papel do Cpers/Sindicato na defesa dos interesses da categoria do Magistério e das condições de trabalho dos professores.

Ouça a notícia em podcast

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *