Meneguzzi Nenhum comentário

*Texto publico na íntegra como o que foi enviado pela Assessoria de imprensa da Prefeitura de Caxias do Sul/Cultura ( Créditos: Arielson Colombo)

Cultura apresenta “Histórias que não se contam mais”, exposição de máscaras do artista Arielson Colombo. A mostra abre para visitação de 06 de dezembro a 04 de janeiro de 2023

A Secretaria Municipal da Cultura (SMC), através da Unidade de Arte e Cultura Popular, apresenta “Histórias que não se contam mais”, exposição de máscaras de Arielson Colombo, de 06 de dezembro a 04 de janeiro de 2023, das 9h às 17h, no hall de entrada da SMC – Estação Férrea.

Diversas histórias foram criadas para passar mensagens importantes ou apenas para resgatar relatos que fizeram ou fazem parte do imaginário, significam reavivar a fantasia, o encantamento, que misturando fatos reais vão se modificando através do tempo. Transmitidas oralmente essas narrativas fazem parte da tradição e da cultura de um povo.

A exposição traz algumas lendas e mitos na tentativa de resgatar através de máscaras o contato com estes mundos fabulosos, que com o tempo foram sendo deixado para trás. A mostra ressalta, segundo o artista, “o universo místico que enriqueceu as noites de filós, trazido junto com a imigração italiana através de folclore onde mitos e lendas foram passadas de geração em geração.”

Para ficar por dentro da programação cultural da cidade basta acessar cultura.caxias.rs.gov.br

Serviço

“Histórias que não se contam mais” exposição de máscaras de Arielson Colombo

Data: 06 de dezembro a 04 de janeiro de 2023.

Horário de visitação: 9h às 17h de segundas-feiras a sextas-feiras.

Local: Secretaria da Cultura – Saguão da Estação Férrea na rua Doutor Augusto Pestana, 50

Realização: Unidade de Arte e Cultura Popular – Secretaria Municipal da Cultura – Prefeitura de Caxias do Sul

Informações: 3901.1316 ou 3901.1317 Ramais: 208 / 211

[email protected]

———————————————————————————————

NOTÍCIA DE CULTURA ENVIADA PELA ASSESSORIA DE IMPRENSA DA PREFEITURA DE CAXIAS DO SUL/CULTURA E PUBLICADA NA ÍNTEGRA NESTE BLOG ( Créditos: Scharlison)

Últimos dias para conferir a exposição “Futuros Vencidos”  de Vinicius Libardoni

A mostra fica em cartaz até o dia 11/12, na Galeria de Artes do Centro de Cultura Ordovás

Selecionada pela Convocatória de Arte – Exposições 2022, a exposição “Futuros Vencidos” retrata o percurso íntimo de Vinicius Libardoni, uma jornada que diz respeito ao êxodo territorial e sentimental do arquiteto-artista ítalo-brasileiro. Nascido no interior do Paraná, formado em arquitetura em Florianópolis com passagem profissional por São Paulo, precisou se deslocar dez mil quilômetros para reconhecer na cidade polonesa de Wrocław, onde fez mestrado e doutorado em artes visuais, uma geografia que lhe fosse familiar.

Esta exposição é um relato gráfico de sua busca pessoal por reencontrar propósito em uma profissão que lhe parecia exaurida de sentido. Longe de casa, o artista foi confrontado com uma realidade completamente nova que, de golpe, prendeu sua atenção. Sua curiosidade, somada ao estranho hábito de caminhar olhando para cima, comum aos arquitetos, lhe aproximou daquelas antigas arquiteturas polonesas e o passado de influência alemã em ruínas, relíquias do Bloco de Leste, séculos distintos coexistindo e sobrepondo-se no mesmo espaço urbano.

Os edifícios que compõem esta série refletem o interesse latente pelo tema da ruína e da suspensão do tempo. Futuros que poderiam ter sido, mas que nunca chegarão a sê-lo, são as possibilidades nunca vividas ou, ainda, uma profecia de futuro que não poderá jamais existir.

A visitação é gratuita e a exposição fica em cartaz até o dia 11 de dezembro, sendo possível realizar visitas aos sábados e aos domingos, nos seguintes horários: segundas, das 9h às 16h; terças a sextas, das 9h às 22h; sábados, domingos e feriados, das 16h às 22h.

A Galeria de Artes do Centro de Cultura Ordovás fica na Rua Luiz Antunes, 312, no Bairro Panazzolo, em Caxias do Sul/RS.

Serviço:

Exposição “Futuros Vencidos”, de Vinicius Libardoni

Período: 11 de novembro a 11 de dezembro de 2022

Local: Galeria de Artes do Centro Municipal de Cultura Dr. Henrique Ordovás Filho

Visitação: segunda, das 9h às 16h; terça a sexta, das 9h às 22h; finais de semana, das 16h às 22h.

NOTÍCIA DE CULTURA ENVIADA PELA ASSESSORIA DE IMPRENSA DA PREFEITURA DE CAXIAS DO SUL/CULTURA E PUBLICADA NA ÍNTEGRA NESTE BLOG ( Créditos: Scharlison)

Últimos dias para conferir a exposição do “XV Salão Campus 8 e 8º Prêmio Koralle” no Centro de Cultura Ordovás

As obras premiadas e selecionadas em ambos estão em cartaz na Sala de Exposições até o dia 11 de dezembro

As obras premiadas e selecionadas no XV Salão Campus 8 e 8º Prêmio Koralle estão na Sala de Exposições, do Centro Municipal de Cultura Dr. Henrique Ordovás Filho, até domingo (11/12), abertas para visitação e com entrada gratuita. 

O XV Salão Campus 8 e 8º Prêmio Koralle reuniu obras de dezoito acadêmicos da Universidade de Caxias do Sul (UCS) selecionados nesta edição, entre eles, um coletivo. Com temáticas e suportes variados, os trabalhos bi e tridimensionais, em diferentes meios e linguagens como desenho, aquarela, acrílico, colagem, objeto, videoarte, videoperformance produzidos a partir de 2020 foram selecionados por uma comissão avaliadora, composta por integrantes especialistas em arte e convidados pela coordenação do evento.

O Salão do Campus 8 tem como objetivos divulgar, valorizar e discutir as produções dos alunos dos cursos de bacharelado, licenciatura e tecnologia em: Artes Visuais, Arquitetura e Urbanismo, Criação Digital, Dança, Design, Design de Interiores, Fotografia, Jogos Digitais, Moda, Música, Produção Audiovisual – Cinema, Publicidade e Propaganda e Tecnologias Digitais, assim como integrá-los.

Esta é uma realização dos cursos de Artes Visuais (bacharelado e licenciatura), por meio da Área do Conhecimento de Artes e Arquitetura da Universidade de Caxias do Sul (UCS), com apoio da Koralle Comércio e Materiais de Desenho e, em parceria, com a Unidade de Artes Visuais da Secretaria Municipal da Cultura e do Arte na Escola/Polo UCS e apoio do Diretório Acadêmico de Artes Visuais dentro do Programa de Linguagens da Arte (PLA) – Projeto Mostra UCS Campus 8.

A exposição pode ser conferida  nas segundas, das 9h às 16h; terça a sexta, das 9h às 22h; e finais de semana, das 16h às 22h. O Centro Municipal de Cultura Dr. Henrique Ordovás Filho fica na Rua Luiz Antunes, 312, no bairro Panazzolo, em Caxias do Sul/RS.

SERVIÇO:

Exposição Itinerante do XV SALÃO CAMPUS 8 e 8º PRÊMIO KORALLE

Local: Sala de Exposições do Centro Municipal de Cultura Dr. Henrique Ordovás Filho

Visitação presencial: segunda, das 9h às 16h; terça a sexta, das 9h às 22h; finais de semana, das 16h às 22h.

Visitação online: UAV DIGITAL: https://sites.google.com/view/uavdigital

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *