PODCAST: OUÇA O CONTEÚDO DO PROGRAMA ACREDITA EDIÇÃO 59

maio 13, 2022

O Programa Acredita vai ao ar n Rádio Caxias 93,5 FM de Caxias do Sul-RS, aos domingos das 08h às 10h. Abaixo, os nossos colaboradores dominicais, como conteúdo de primeira, com assuntos dos mais diversos. Apresentação dos jornalistas Alberto Meneguzzi e Margô Segat

1) ÉTICA – TATIANA REGIANI – RACIONALIZAÇÃO DA LEALDADE A TERCEIROS – EPISÓDIO 4
2) EDUCAÇÃO NO TRÂNSITO – CARLOS BERALDO – CONDIÇÕES ADVERSAS PARA O TRÂNSITO: CUIDADOS
3 )ELEIÇÕES 2022/SERVIÇO – EDSON BOROWISKI – COMO FUNCIONA AS MISSÕES DOS OBSERVADORES INTERNACIONAIS PARA O PROCESSO ELEITORAL DE 2022
4) LIVROS E LITERATURA – MARCOS KIRST – A PORTA DE ENTRADA PARA A LEITURA: HISTÓRIAS EM QUADRINHOS
5) DIREITO E CIDADANIA – CIANE PISTORELLO – MEDIDA PROVISÓRIA 1116 – ENTENDA O QUE ELA TRATA
6) DICA DA TATI DE ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL – TAPIOCA ROMEU E JULIETA
8) PADRE TADEU LIBARDI – BÊNÇÃO DO DOMINGO – DIA INTERNACIONAL DA FAMÍLIA
DEPOIMENTO CASAL MARCO E JARINE – FAZEM PARTE DA EQUIPE DA PASTORAL FAMILIAR DA DIOCESE DE CAXIAS DO SUL – RS

ELEIÇÕES 2022: PRAZO PARA REGULARIZAR O TÍTULO ENCERRA NO PRÓXIMO DIA 04 DE MAIO

abril 27, 2022

Regularização do documento pode ser feita até 4 de maio pelo Título Net, disponível no Portal do TSE

Quem deseja votar nas Eleições 2022, marcadas para 2 de outubro, deve fazer tudo até o dia 4 de maio, véspera do fechamento do cadastro eleitoral, previsto em lei.

Ouça o PODCAST com o Chefe do Cartório Eleitoral da 169ª zona eleitoral de Caxias do Sul, Edson Borowski. Todo domingo, no programa Acredita, há um serviço sobre as eleições 2022.

A matéria abaixo consta no site do TSE ( https://www.tse.jus.br/)

Confira a seguir as respostas às quatro perguntas mais frequentes relacionadas ao título de eleitor:

1-      Quem pode tirar o título?

No Brasil, o alistamento e o voto são obrigatórios a partir dos 18 anos e facultativos para os jovens de 16 e 17 anos, os maiores de 70 e os analfabetos.

Quem tem a idade mínima obrigatória e não tirou o título, bem como os eleitores e as eleitoras que tiveram o documento cancelado estão sujeitos a diversas restrições e impedimentos legais, como, tirar passaporte ou carteira de identidade e se inscrever em concurso público, entre outros. Confira quais são os impedimentos no portal do TSE

2-      Como tirar o título?

Tirar o título de eleitor ficou mais simples do que muitos imaginam. Tudo é feito pela internet, dentro do Portal do TSE, de forma rápida e gratuita, sem precisar sair de casa. Basicamente, o processo é esse: entrar na página Autoatendimento do Eleitor e clicar na opção “Tire seu título”; ter em mãos os documentos solicitados; informar os dados de identificação necessários; e preencher os campos indicados. Veja o passo a passo detalhado nesta matéria do Portal do TSE.

CEGUEIRA ÉTICA: O QUE É E POR QUE DEVEMOS NOS IMPORTAR ( Episódio 2)

abril 21, 2022

Ouça o segundo episódio da série sobre ” A ÉTICA NO MUNDO CORPORATIVO E RELAÇÃO DELA COM NOSSAS VIDAS PESSOAS. Neste segundo episódio, o assunto é CEGUEIRA ÉTICA.

A série sobre o assunto tem a produção dos jornalistas Alberto Meneguzzi e Margô Segat, com a participação de Tatiana Regiani. Tatiana é palestrante, professora, escritora, executiva de governança e compliance e propagadora dedicada aos temas de Governança Corporativa, Compliance, Integridade e sustentabilidade nas organizações.

OUÇA O EPISÓDIO NÚMERO 2 – CEGUEIRA ÉTICA COM TATIANA REGIANI

SIGA O PERFIL DA TATIANA REGIANI NO INSTAGRAM: https://www.instagram.com/tatiana.regiani/

FAKE NEWS SOBRE ELEIÇÕES 2022 CONTINUAM SE REPRODUZINDO E FUNCIONÁRIOS DO CARTÓRIO SOFREM ATÉ AMEAÇAS

abril 21, 2022

A confiança em um sistema eleitoral íntegro e seguro é o primeiro passo para que o eleitor possa comparecer às urnas com tranquilidade e exercer a cidadania. Dessa forma, para que as chamadas fake news não atrapalhem esse processo e não causem dúvidas na população, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) publica a série de matérias Fato ou Boato. 

O Chefe do Cartório de Caxias do Sul fala sobre a proliferação de fake news no período pós – páscoa e destaca que os servidores do local chegam a receber ameaças e ofensas por causa das mentiras compartilhadas sobre o processo eleitoral 2022

OUÇA O PODCAST DO CHEFE DO CARTÓRIO DA 169ª ELEITORAL DE CAXIAS DO SUL EDSON BOROWSKI A RESPEITO DO ASSUNTO

Saiba o que é fato e o que é boato sobre o TSE – Acesse o site https://www.tse.jus.br/

ELEIÇÕES 2022 SERVIÇO: É FALSO QUE A JUSTIÇA ELEITORAL ESTEJA CANCELANDO TÍTULO DE QUEM TEM MAIS DE 70 ANOS

abril 7, 2022

Mais uma desinformação propagada nas redes sociais e que vai contra decisões recentes do próprio TSE. Além disso, o voto para eleitores com mais de 70 anos é facultativo

*ELEIÇÕES 2022: FATO OU BOATO – COM EDSON BOROWSKI E SITE DO TSE

Começaram a ser propagadas postagens pelas redes sociais com mensagens falsas afirmando que a Justiça Eleitoral (JE) estaria cancelando o título de eleitor de quem tem mais de 70 anos. O conteúdo informa que uma pessoa teria tirado uma certidão negativa no cartório eleitoral e que, no rodapé da página do documento, constava que a inscrição eleitoral do requerente havia sido cancelada.

Mas esse é mais um boato disseminado no mundo digital, na tentativa de causar confusão na população, até porque, o voto para eleitores nessa faixa etária é facultativo. A regra está prevista no artigo 14, parágrafo 1º, inciso II, alínea “b”, da Constituição Federal. Segundo o dispositivo, o alistamento eleitoral e o voto são facultativos para os analfabetos, os maiores de 70 anos e os maiores de 16 e menores de 18 anos.

Além disso, há outros argumentos que comprovam que essa notícia é uma mentira. O TSE prorrogou a suspensão, por prazo indeterminado, das consequências previstas no Código Eleitoral para as eleitoras e os eleitores que deixaram de votar nas Eleições 2020 e não apresentaram justificativa ou não pagaram a respectiva multa. Com a decisão, os que não compareceram às urnas em 2020 poderão votar normalmente no pleito deste ano.

A ausência na votação ou a falta de justificativa também não vão impedir a cidadã ou o cidadão de obter passaporte ou carteira de identidade; de inscrever-se em concurso ou prova para cargo ou função pública, e neles ser investido ou empossado; de renovar matrícula em estabelecimento de ensino oficial ou fiscalizado pelo governo; ou de receber remuneração de função ou emprego público.

Além disso, as eleitoras e os eleitores que não fizeram o cadastramento biométrico em virtude da pandemia de covid-19 não tiveram títulos eleitorais cancelados, também por determinação da Justiça Eleitoral.

OUÇA O BOLETIM DO CHEFE DO CARTÓRIO ELEITORAL DA 169ª DE CAXIAS DO SUL EDSON BOROWSKI PARA O PROGRAMA ACREDITA #54 DE 10 DE ABRIL DE 2022

PRIMEIRO TÍTULO: MAIS DE 850 MIL JOVENS DE 15 A 18 ANOS JÁ EMITIRAM O DOCUMENTO ESTE ANO

março 30, 2022

Número de novos eleitores nessa faixa etária já é quase dois terços do total inscrito em 2020. Prazo para se alistar e poder votar em 2022 encerra em 4 de maio

O jovem brasileiro está antenado ao que vem acontecendo no país. Ele sabe, por exemplo, que 2022 é ano de Eleições Gerais e que o voto é uma grande oportunidade para exercer a cidadania, ajudando a decidir os rumos do país. Por isso, atendendo ao chamado da Justiça Eleitoral, até o dia 21 de março deste ano, 854.685 jovens de 15 a 18 anos já haviam solicitado a emissão do primeiro título de eleitor.

Esse número corresponde a quase dois terços do total de jovens que se alistaram para votar nas Eleições Municipais de 2020 e sinaliza uma quebra na tendência de queda nos números de eleitores nessa faixa etária que vinha se registrando na última década. Vale lembrar que o prazo para se alistar se encerra no dia 4 de maio.

O quadro ” SEU VOTO FAZ O PAÍS” teve a sua primeira edição no programa ACREDITA no último domingo, dia 27 de março de 2022. Durante todo o ano, o chefe do Cartório da 169ª eleitoral de Caxias do sul, Edson Borowiski vai nos ajudar com um serviço do processo eleitoral deste ano.

Siga Edson Borowiski no Instagram: https://www.instagram.com/borowskiedson/

Ouça o áudio do boletim de Edson Borowski