Meneguzzi entrega demandas de infraestrutura ao secretário de Obras

setembro 10, 2018

Grande parte das solicitações é relativa ao conserto de redes de esgoto

O vereador Alberto Meneguzzi (PSB) esteve reunido, na tarde desta segunda-feira, 10 de setembro, com o secretário de Obras e Serviços Públicos, Leandro Pavan. Na oportunidade, o parlamentar entregou demandas de infraestrutura ao representante do Executivo. Grande parte das solicitações é relativa ao conserto de redes de esgoto. O representante da direção do Clube Recreativo São João Nepomuceno, da comunidade Santa Corona, Gilmar Picoloto, pediu providências, uma vez que os resíduos de uma galeria estão infiltrando no campo de futebol da localidade.

Como proposta paliativa, Pavan se comprometeu com a abertura de uma cavidade ao redor do gramado, já nesta terça-feira. Além disso, o secretário adiantou que, logo feita a aquisição de materiais por meio da licitação, a demanda será priorizada. Além desse encaminhamento, Meneguzzi entregou um envelope com diversas solicitações feitas ainda em 2017, por meio do aplicativo Acredita Caxias.

Para Meneguzzi, o encontro foi proveitoso, uma vez que permitiu ao representante da comunidade ouvir o retorno do Executivo. “Além disso, percebemos que a cidade precisa de uma atenção especial. As chuvas abrem buracos nas ruas e perimetrais, além de tantos problemas com redes de esgoto. Que a administração possa olhar cada vez mais para as necessidades de infraestrutura de Caxias”, salienta.

Meneguzzi fiscaliza problemas de esgoto na comunidade Santa Corona

abril 23, 2018

Parlamentar solicitou visita do secretário de Obras ao local para apontar as providências

O vereador Alberto Meneguzzi (PSB) realizou visita, na manhã desta segunda-feira, 23 de abril, para fiscalizar problemas com a rede de esgoto no bairro Santa Corona, em Caxias do Sul. As demandas foram relatadas pela direção do Clube Recreativo São João Nepomuceno, que sedia jogos e campeonatos no campo de futebol da comunidade e percebeu irregularidades com a drenagem do gramado, provocadas pelo esgoto que está infiltrando na superfície.

De acordo com a comunidade, esgoto está infiltrando no campo e causando danos ao gramado – Foto Felipe Padilha

De acordo com o responsável pelo campo, Gilmar Picoloto, a situação teve início no final de 2016 e vem se agravando nos últimos meses, causando problemas não só ao gramado, mas às pessoas que acompanham as partidas, sobretudo porque o mau cheiro é constante. As lideranças comunitárias creditam o problema ao esgoto oriundo de um conjunto de edifícios construído logo acima da sede da entidade, localizada na BR-116, em frente a igreja Santa Corona.

Além da demanda do esgotamento sanitário, outra preocupação da direção se deve a uma nascente de água que também está localizada à beira do gramado. Com a infiltração, Picoloto revelou que, nos últimos dias, a comunidade abriu uma espécie de valeta para o escoamento do líquido pela lateral do campo, que existe há oito décadas.

Meneguzzi registrou a situação e prometeu encaminhá-las à Secretaria de Obras e Serviços Públicos, com um pedido de providências. O parlamentar adiantou já solicitou uma visita do responsável pela pasta, Leandro Pavan, no local para analise da situação e elaboração de um parecer. “O que a comunidade quer é uma resposta, um sim ou um não. Relataram que já apresentaram pedido à prefeitura em anos anteriores, e sequer receberam respostas. Esse é o nosso papel, intermediar”, sublinhou.