Meneguzzi solicita nomeação imediata de médico para UBS de Criúva

dezembro 15, 2017

Em média, sete pessoas procuram posto diariamente

O gabinete do vereador Alberto Meneguzzi (PSB) encaminhou, na tarde desta sexta-feira, 15 de dezembro, ofício ao prefeito Daniel Guerra e à secretária da Saúde, Deysi Piovesan, onde solicita a nomeação urgente de médico para atendimento na Unidade Básica de Saúde (UBS) de Criúva. De acordo com os moradores, o posto está sem atendimento desde setembro, quando a profissional lotada para o distrito tirou férias e atualmente se encontra em licença saúde.

No documento, Meneguzzi explica que a Organização Mundial da Saúde (OMS) orienta a existência de um médico para cada 1.000 pessoas. Conforme a estimativa do IBGE, a população de Criúva supera 1.800 moradores, sendo praticamente necessária a demanda de dois profissionais, e que, no entanto a UBS não possui nenhum

“A situação demanda da nomeação urgente de um médico para compor a estrutura. Os relatos dos servidores dão conta de uma média diária de sete contribuintes procurando atendimento e saindo do posto de saúde de mãos vazias. É necessário que se leve em conta que isso está acontecendo num distrito, no interior, onde é mais difícil o deslocamento e menor a oferta de atendimento”, justifica Meneguzzi.

O atendimento na UBS é feito por uma enfermeira, duas técnicas de enfermagem, um profissional dentista e uma estagiária. No período de vacância, uma médica lotada na UBS de Vila Seca comparece ao posto de Criúva uma vez por semana para expedir as receitas para os pacientes, mas não atende às consultas.