Em sessão emocionante, fotógrafa Liliane Giordano recebe Título de Cidadã Caxiense

agosto 20, 2019

Homenagem foi indicação do vereador Alberto Meneguzzi e teve a presença de representantes do setor cultural

A fotógrafa Liliane Giordano recebeu, na noite da segunda-feira, 19 de agosto, o Título de Cidadã Caxiense, em sessão solene no plenário do Legislativo. A homenagem foi proposta pelo vereador Alberto Meneguzzi (PSB) emocionou a todos os participantes e contou com a presença de representantes do setor cultural de Caxias do Sul. O ato foi presidido pela vereadora Paula Ioris (PSDB).

Em seu discurso, Meneguzzi citou que a fotografia, na comunicação, é a arte de eternizar os momentos em imagens. O parlamentar citou como exemplo as galerias de ex-prefeitos e ex-presidentes da Câmara de Caxias do Sul, localizada no saguão e na sala da presidência. Além disso, ele citou a aprovação, em 2017, da lei que formaliza a realização anual da Semana Municipal da Fotografia, que neste ano chega à 12ª edição.

Ao homenagear Liliane, o vereador fez memória da história da profissional que iniciou sua carreira na área da informática. Salientou o talento, a humildade, a capacidade empreendedora da fotógrafa. “Ela adotou Caxias, ela sempre deu o máximo de si para tornar a cultura caxiense mais sólida. Além disso, como professora, compartilha o conhecimento com jovens, adultos e nas igrejas, comunidades, ONGs e escolas, faz muitas ações voltadas ao ensino da arte de fotografar. Muito obrigado por tudo o que tu representas para Caxias”, concluiu Meneguzzi.

Liliane nasceu em Esmeralda/RS e veio para Caxias do Sul aos 22 anos de idade. Seu gosto pelo mundo da imagem não surgiu pelo resultado da fotografia em si, mas pelo que acontecia no processo, como a câmera funcionava e qual era a reação das pessoas frente a ela. Com o advento da fotografia digital, ela conciliou seus conhecimentos de informática com o mundo da fotografia.

Em 2007, Liliane iniciou a Sala de Fotografia, onde passou a dar cursos focados no processo, analisando como os estudantes reagiam às aulas e o que mudava em suas vidas. Aos poucos, isso se tornou um percurso didático, com aulas focadas na contribuição do estudante para a leitura da visualidade como um todo. Em 2018, lançou a “Liliane Giordano Arte em Roupa” que consiste na fabricação, com tiragem limitada, de peças de vestuário com estampas das fotografias feitas por ela.

Também é professora do Centro Universitário da Serra Gaúcha (FSG) e ministra cursos, oficinas e palestras gratuitas sobre fotografia e sua importância social. No seu trabalho comunitário e pela valorização da fotografia e da cultura caxiense, Liliane foi uma das fundadoras do Clube do Fotógrafo de Caxias do Sul. Também uma das incentivadoras e realizadoras da Semana da Fotografia de Caxias do Sul.

Após receber o diploma de Cidadã Caxiense, Liliane foi à tribuna da Câmara e emocionou a plateia com sua história de vida. Ela agradeceu pela homenagem e fez memória de sua família, que lhe ensinou os valores humanos e profissionais. “Eu escolhi morar em Caxias e Caxias me acolheu. Agradeço as oportunidades de trabalho, das universidades e também de conviver entre os jovens, criando com eles. Tudo isso me permite ajudar a construir uma cidade melhor, com pitadas de amor”, pontuou.

Até o dia 30 de agosto, a comunidade caxiense pode conferir a exposição “Cidadãos do Mundo”, da fotógrafa Liliane Giordano. São quadros que mostram sorrisos e linhas faciais de pessoas de diferentes culturas. A mostra está localizada no Espaço Cultural Mário Crosa.

Liliane Giordano recebe título de Cidadã Caxiense no Dia Mundial da Fotografia

agosto 16, 2019

Indicada por Meneguzzi, homenagem acontece na segunda-feira, 19 de agosto às 19h

A fotógrafa Liliane Giordano receberá o título de Cidadã Caxiense pelo Legislativo municipal. A matéria foi idealizada pelo vereador Alberto Meneguzzi (PSB) que destaca Liliane como ativista cultural e social. A homenagem acontece na segunda-feira, 19 de agosto de 2019 (Dia Mundial da Fotografia), às 19h, no plenário Deputado Nadyr Rossetti.

O parlamentar afirma que a profissional empenhou esforços em proporcionar cursos de inclusão no mercado de trabalho, entre outros. “Pelo que ela realiza, principalmente nos projetos sociais e como empreendedora é que sugeria homenagem, que foi acolhida por unanimidade dos vereadores”, frisa Meneguzzi.

Liliane nasceu em Esmeralda/RS e veio para Caxias do Sul aos 22 anos de idade. Em função de sua curiosidade sobre o funcionamento das máquinas, dedicou os estudos iniciais à informática. Tentando descobrir o que acontecia dentro de um computador, construiu uma sólida carreira de 18 anos nessa área.

Seu gosto pelo mundo da imagem não surgiu pelo resultado da fotografia em si, mas pelo que acontecia no processo, como a câmera funcionava e qual era a reação das pessoas frente a ela. E assim a mudança de área foi natural, sobretudo com o advento da fotografia digital, que permitiu a Liliane conciliar seus conhecimentos de informática com o mundo da fotografia.

A matéria destaca que ela aproveitou a criação do curso superior em Fotografia na Universidade de Caxias do Sul (UCS), um dos primeiros do Brasil, para obter graduação em 2005. Também é graduada em Tecnologia em Processamento de Dados pela UCS (1997) e possui especialização em Ciência da Computação pela UFRGS (2000).

Em 2007, iniciou a Sala de Fotografia, onde passou a dar cursos focados no processo, analisando como os estudantes reagiam às aulas e o que mudava em suas vidas. Aos poucos, isso se tornou um percurso didático, com aulas focadas na contribuição do estudante para a leitura da visualidade como um todo.

Segundo informações do documento, ao longo de sua trajetória na fotografia, foram cerca de 20 exposições individuais, 30 exposições coletivas e oito premiações. Além de diversas participações em bancas de concursos fotográficos, mais de 100 turmas no Curso de Fotografia e mais de 1 mil alunos na Sala de Fotografia.

Atualmente, Liliane busca novos horizontes para sua fotografia. Em 2018, lançou a “Liliane Giordano Arte em Roupa” que consiste na fabricação, com tiragem limitada, de peças de vestuário com estampas das fotografias feitas por ela.

Também é professora do Centro Universitário da Serra Gaúcha (FSG) e ministra cursos, oficinas e palestras gratuitas sobre fotografia e sua importância social. No seu trabalho comunitário e pela valorização da fotografia e da cultura caxiense, Liliane foi uma das fundadoras do Clube do Fotógrafo de Caxias do Sul. Também uma das incentivadoras e realizadoras da Semana da Fotografia de Caxias do Sul.

Indicada por Meneguzzi, fotógrafa Liliane Giordano receberá título de Cidadã Caxiense

maio 8, 2019

Homenagem acontece em 19 de agosto de 2019, às 19h, no plenário Deputado Nadyr Rossetti

A fotógrafa Liliane Giordano receberá o título de Cidadã Caxiense pelo Legislativo municipal. O projeto de decreto legislativo 3/2019, que prevê a honraria, foi aprovado por unanimidade durante a sessão ordinária desta terça-feira, 07 de maio. A matéria foi idealizada pelo vereador Alberto Meneguzzi (PSB) que destaca Liliane como ativista cultural e social. A homenagem está prevista para acontecer em 19 de agosto de 2019 (Dia Mundial da Fotografia), às 19h, no plenário Deputado Nadyr Rossetti.

O parlamentar afirma que a profissional empenhou esforços em proporcionar cursos de inclusão no mercado de trabalho, entre outros. “Pelo que ela realiza, principalmente nos projetos sociais e como empreendedora é que estou sugerindo como uma das homenageadas”, frisou.

Conforme o documento, Liliane nasceu em Esmeralda/RS e veio para Caxias do Sul aos 22 anos de idade. Em função de sua curiosidade sobre o funcionamento das máquinas, dedicou os estudos iniciais à informática. Tentando descobrir o que acontecia dentro de um computador, construiu uma sólida carreira de 18 anos nessa área.

Seu gosto pelo mundo da imagem não surgiu pelo resultado da fotografia em si, mas pelo que acontecia no processo, como a câmera funcionava e qual era a reação das pessoas frente a ela. E assim a mudança de área foi natural, sobretudo com o advento da fotografia digital, que permitiu a Liliane conciliar seus conhecimentos de informática com o mundo da fotografia.

A matéria destaca que ela aproveitou a criação do curso superior em Fotografia na Universidade de Caxias do Sul (UCS), um dos primeiros do Brasil, para obter graduação em 2005. Também é graduada em Tecnologia em Processamento de Dados pela UCS (1997) e possui especialização em Ciência da Computação pela UFRGS (2000).

Em 2007, iniciou a Sala de Fotografia, onde passou a dar cursos focados no processo, analisando como os estudantes reagiam às aulas e o que mudava em suas vidas. Aos poucos, isso se tornou um percurso didático, com aulas focadas na contribuição do estudante para a leitura da visualidade como um todo.

Segundo informações do documento, ao longo de sua trajetória na fotografia, foram cerca de 20 exposições individuais, 30 exposições coletivas e oito premiações. Além de diversas participações em bancas de concursos fotográficos, mais de 100 turmas no Curso de Fotografia e mais de 1 mil alunos na Sala de Fotografia.

Atualmente, Liliane busca novos horizontes para sua fotografia. Em 2018, lançou a “Liliane Giordano Arte em Roupa” que consiste na fabricação, com tiragem limitada, de peças de vestuário com estampas das fotografias feitas por ela.

Também é professora do Centro Universitário da Serra Gaúcha (FSG) e ministra cursos, oficinas e palestras gratuitas sobre fotografia e sua importância social. No seu trabalho comunitário e pela valorização da fotografia e da cultura caxiense, Liliane foi uma das fundadoras do Clube do Fotógrafo de Caxias do Sul. Também uma das incentivadoras e realizadoras da Semana da Fotografia de Caxias do Sul.

Meneguzzi propõe título de Cidadã Caxiense à fotógrafa Liliane Giordano

março 20, 2019

Natural de Esmeralda e radicada em Caxias desde 1997, a empresária ajudou a criar o Clube do Fotógrafo e a Semana Municipal da Fotografia

O vereador Alberto Meneguzzi (PSB) protocolou, na tarde desta quarta-feira, 20 de março, o projeto de decreto legislativo para a outorga do título de Cidadã Caxiense à fotógrafa e empresária Liliane de Fátima Giordano. Radicada em Caxias do Sul desde 1997, época em que iniciou sua vida na área da informática, ela ajudou na criação do Clube do Fotógrafo de Caxias do Sul e a Semana Municipal da Fotografia, que em 2019 chega à 12ª edição.

A entrega da honraria já está marcada: será em 19 de agosto, às 19h, no plenário da Câmara Municipal. A data marca o Dia Mundial da Fotografia e também está no período em que será realizada a Semana Municipal da Fotografia, garantida por lei proposta por Meneguzzi, em 2017 e sancionada em janeiro de 2018. O parlamentar fez o convite para Liliane no final da manhã desta quarta. A fotógrafa, por sua vez, aceitou o título e se emocionou com a lembrança.

Liliane Giordano é empresária desde 2007, quando iniciou a Sala de Fotografia, onde passou a dar cursos de fotografia. Pouco a pouco, isso se tornou um percurso didático na qual as aulas não focam apenas no resultado da foto que este aluno produz, mas contribui para a sua leitura da visualidade como um todo. No ano de 2018, deu mais um passo: criou a Liliane Giordano – Arte em Roupa, que consiste numa linha de vestuário estampada com suas fotos, em confecção limitada. Ela também é docente no Centro Universitário da Serra Gaúcha (FSG).

Além do perfil empreendedor, Liliane tem uma vivência comunitária que merece destaque: ela participa, coordena e ministra diversas palestras, encontros, oficinas e diversas atividades sobre a fotografia e sua relação com o dia a dia das pessoas, de forma gratuita. Na Câmara Municipal ela também colabora com workshops e participações em programas da TV Câmara Caxias.

Meneguzzi pontua que homenagear a fotógrafa e empresária é valorizar todo o bem comunitário que ela realizou ao longo dos 22 anos de atuação em Caxias do Sul e também por manter viva a esperança de que a fotografia pode mudar a vida das pessoas. “Tem gente que nasceu pra algumas áreas e podemos dizer isso, sem sobra de dúvidas, da Liliane. Ela iniciou na informática e logo se apaixonou pelas lentes e ajudou a outras pessoas a fazerem o mesmo, bem como ensina muitas crianças, jovens e adultos, voluntariamente, sobre técnicas de foto e também sobre os cuidados com a exposição excessiva e outros problemas que isso pode causar. Por isso, propus esse título, que espero ser acolhido pelos vereadores”, salienta.

Ao todo, oito parlamentares assinaram o projeto de decreto legislativo. Além de Meneguzzi, como proponente principal, os vereadores Edi Carlos Pereira de Souza (PSB), Elói Frizzo (PSB), Edson da Rosa (MDB), Gustavo Toigo (PDT), Paula Ioris (PSDB), Paulo Périco (MDB) e Renato Oliveira (PCdoB) também chancelaram a proposição.