A partir de sugestão de Meneguzzi, Legislativo irá disponibilizar capacitações para servidores

abril 11, 2019

Parceria com a UCS facilitará cursos de extensão em comunicação digital; Casa também oferecerá curso de Libras

O Legislativo caxiense passará a oferecer, a partir da semana do dia 22 de abril, capacitações de Língua Brasileira de Sinais (Libras) e de comunicação digital para servidores e vereadores. Esses últimos, em caráter de extensão, serão realizados em parceria com a Universidade de Caxias do Sul (UCS). Ambas as sugestões são do vereador Alberto Meneguzzi (PSB). No caso da UCS, em 2018 quando presidente da Câmara, o parlamentar se reuniu com o reitor da instituição, para viabilizar a aprendizagem via Escola do Legislativo.

Já ideia de oferecer aulas de Libras surgiu após a chegada do vereador Tibiriçá Maineri (PRB) à Casa. Ele, inclusive, irá ministrar os encontros, que são gratuitos. Para Meneguzzi, a formação permanente é necessária e deve ser viabilizada pelo Legislativo. “É sempre bom que a Câmara acolha as sugestões dos vereadores. Precisamos acolher bem quem chega e precisamos também comunicar bem o que é feito aqui, para que a comunidade entenda mais e melhor seus direitos e obrigações”, completa o vereador.

 

Meneguzzi sugere que Escola do Legislativo disponibilize curso de Libras para vereadores, servidores e comunidade

fevereiro 12, 2019

Parlamentar vê importância que a Casa possa facilitar a comunicação com a comunidade surda

O vereador Alberto Meneguzzi (PSB) encaminhou ofício, na tarde desta terça-feira, 12 de fevereiro, à Escola do Legislativo da Câmara Municipal de Caxias do Sul, sugerindo que desenvolva parcerias e disponibilize curso de Língua Brasileira de Sinais (Libras) para os vereadores, servidores e também a comunidade. No documento, o parlamentar ressalta que a formação pode ser concebida em conjunto com a Associação Serra dos Professores e Intérpretes de Libras (Aspils).

De acordo com Meneguzzi, que já participa de formação sobre a língua de sinais, para melhor se comunicar com a comunidade surda, a realização dessas aulas no âmbito da Câmara proporcionaria maior humanização e inclusão democrática. “Meu gabinete está aprendendo noções básicas de Libras e percebemos o quão importante é que a comunidade tenha acesso a cursos nesse sentido. Noticiamos que iríamos participar de alguns encontros e surgiram diversas pessoas que manifestaram vontade de realizá-lo. Por isso, sugerimos que a Escola do Legislativo puxe a frente dessa iniciativa” salienta.

O ofício foi endereçado ao diretor da Escola do Legislativo, vereador Edson da Rosa (MDB).

Gabinete de Meneguzzi participa encontros de Libras para facilitar a comunicação com surdos

fevereiro 4, 2019

Encontros serão realizados às segundas e sextas-feiras, pela manhã

Visando uma melhor comunicação com o público surdo, o gabinete do vereador Alberto Meneguzzi (PSB), irá participar, a partir da próxima sexta-feira, 08 de fevereiro, de uma formação básica de Língua Brasileira de Sinais (Libras). Desde o início da XVII Legislatura, em 2017, o parlamentar já tinha a intenção de buscar de algumas aulas para adquirir noções básicas de tratamento aos surdos. Neste ano, com o reinício dos trabalhos relativos ao mandato, depois de deixar a presidência da Câmara Municipal, a ideia foi retomada e agora corroborada com o início das atividades do Ano Legislativo.

Os encontros serão realizados no gabinete de Meneguzzi, nas segundas e sextas-feiras, pela manhã, e devem ter a participação do vereador e dos assessores Felipe Padilha e Zenaira Hoffmann Giacomelli. A formação será ministrada pela voluntária Patrícia dos Reis de Souza.

De acordo com Meneguzzi, a chegada do suplente de vereador Tibiriçá Maineiri (PRB) na Câmara, será uma grande honra para o Legislativo caxiense, que é um dos maiores do Brasil, e a importância de se comunicar também são impulsos para a realização desses encontros. “Apesar de o Tibiriçá fazer leitura labial e se comunicar bem com as pessoas, certamente virão muitas outras pessoas surdas e nós precisamos saber acolher bem”, ressalta.