Gabinete de Meneguzzi participa de Conferência Municipal da Pessoa Idosa

março 29, 2019

Atividade é a instância decisória das diretrizes de cuidado e da formulação de políticas públicas para a faixa etária

O gabinete do vereador Alberto Meneguzzi (PSB) participa, nesta sexta-feira, 29 de março, da V Conferência Municipal da Pessoa Idosa. Promovida pelo Conselho Municipal do Idoso, a atividade é a instância decisória das diretrizes de cuidado e da formulação de políticas públicas para esse público. O evento acontece durante todo o dia, no auditório do Bloco J da Universidade de Caxias do Sul (UCS) e o parlamentar é representado pelo assessor Felipe Padilha.

Neste ano, a Conferência trata do tema “Os Desafios de Envelhecer no Século XXI e o Papel das Políticas Públicas”. A programação teve início com a apresentação do coral do UCS Sênior e a leitura do protocolo e aprovação do regimento interno. A presidente do órgão colegiado fez a apresentação e o lançamento do Guia do Idoso de Caxias do Sul. O encontro prosseguiu com palestra de Ottmar Teske, sociólogo especialista em Ciência Política e consultor da Unesco. Durante a tarde acontecem as discussões em grupos e, após, as deliberações das propostas.

A Conferência será dividida em quatro eixos temáticos: Direitos Fundamentais na Construção/Efetivação das Políticas Públicas – Saúde, Assistência Social, Previdência, Moradia, Transporte, Cultura, Esporte e Lazer; Educação: assegurando direitos e emancipação humana; Enfrentamento da Violação dos Direitos Humanos da Pessoa Idosa; Os Conselhos de Direitos: seu papel na efetivação do controle social na geração e implementação das políticas públicas.

Projeto de lei de Meneguzzi visa orientação aos idosos sobre o golpe do bilhete premiado

fevereiro 20, 2019

Proposição consiste na colocação de cartazes informativos e de alertas dos bancos e lotéricas nos saques de grande valor

O vereador Alberto Meneguzzi (PSB) protocolou, na tarde desta quarta-feira, 20 de fevereiro, projeto de lei que visa a orientação aos clientes de bancos e casas lotéricas de Caxias do Sul sobre os golpes financeiros. O público-alvo, de acordo com a proposta, são os idosos que são as vítimas mais fáceis, sobretudo do golpe do bilhete premiado.

A matéria obriga as instituições financeiras, agências bancárias e casas lotéricas a afixar avisos em suas dependências, em locais de fácil visualização, nos caixas e guichês, alertando seus clientes para os riscos desses crimes. Além disso, o projeto também prevê que os funcionários desses estabelecimentos alertem os idosos, de forma verbal, no ato do saque de valores superiores a R$ 2 mil.

Meneguzzi afirma que, apesar desses crimes serem praticados na rua ou mesmo por telefone, na maioria das vezes, a pessoa ludibriada vai até estabelecimentos bancários ou lotéricas para fazer o saque de valores altos. “A polícia faz a parte dela e investiga essas quadrilhas. Nós queremos que as pessoas sejam orientadas e se previnam dessas situações e um desses meios é o aviso impresso próximo do caixa eletrônico, do guichê e também a fala ‘olha, o senhor está consciente que esse é um valor alto? Sempre tenha cuidado para não cair nessas armadilhas’”, explica.

Caso aprovada, depois de virar lei, a fiscalização dos estabelecimentos caberá ao Procon.

Meneguzzi prestigia posse do Conselho Municipal do Idoso

maio 16, 2018

Presidente do Legislativo caxiense acompanhou o ato no Centro Administrativo, na tarde desta quarta-feira

O presidente do Legislativo caxiense, vereador Alberto Meneguzzi (PSB), prestigiou, na tarde desta quarta-feira, 16 de maio, a posse de 18 membros do Conselho Municipal do Idoso (oito da Administração e oito de órgãos não governamentais). O ato aconteceu no Centro Administrativo, sob a condução do prefeito Daniel Guerra e da presidente do conselho, Vanisse Zancan. O órgão colegiado existe desde 2001 e possui caráter deliberativo.

Estudos apontam que, em 2050, um em três brasileiros será idoso. Entre outras autoridades, participaram da cerimônia a presidente da Comissão do Idoso, Gladis Frizzo, e o líder do Governo Municipal na Casa, vereador Chico Guerra.