Meneguzzi elogia servidores no processo que apurou denúncia contra Guerra

abril 19, 2018

No Grande Expediente, também falou sobre a atuação democrática dos vereadores e do público

O vereador Alberto Meneguzzi (PSB) foi à tribuna da Câmara Municipal, na sessão ordinária desta quinta-feira, 19 de abril, para enaltecer o trabalho dos servidores do Legislativo no andamento do processo que apurou denúncias contra o prefeito de Caxias do Sul, Daniel Guerra (PRB). Acolhido pelos parlamentares para aprofundamento de investigação em 12 de dezembro de 2017, o documento externo 728/2017 foi arquivado, depois de ser rejeitado na sessão extraordinária realizada na última segunda-feira (16/04).

Na oportunidade, Meneguzzi, que é presidente do Parlamento neste ano de 2018, citou os diversos setores envolvidos na assessoria tanto da presidência da Casa quanto da Comissão Processante, então formada pelos vereadores Edson da Rosa (PMDB), Edio Elói Frizzo (PSB) e Velocino Uez (PDT). “Ocupo a tribuna para fazer um agradecimento a todos os servidores, em função do trabalho que tiveram e que não se resumiu à última segunda-feira. O trabalho foi incansável para dar as condições necessárias e fazer com que tudo acontecesse dentro da normalidade”.

Meneguzzi citou ainda a transparência que o Legislativo adotou na condução de todo o período, desde dezembro de 2017, sobretudo nas oitivas e na sessão extraordinária de julgamento. Em aparte, os vereadores Alceu Thome (PTB), Felipe Gremelmaier (PMDB), Flavio Cassina (PTB) e Renato Oliveira (PCdoB) elogiaram a condução e a isenção dos trabalhos por parte do presidente Alberto Meneguzzi e pela Mesa Diretora, na busca do melhor entendimento e da garantia de que todos pudessem acompanhar o processo.

Ainda na tribuna, Meneguzzi elogiou a maturidade dos parlamentares e da plateia durante a plenária de julgamento. De acordo com ele, tanto favoráveis quanto contrários ao governo do prefeito Guerra atuaram de forma democrática e respeitosa. “É de se destacar a urbanidade das pessoas que assistiram, a forma democrática com que todo mundo se comportou aqui numa sessão tão importante, tão difícil, tão demorada, tão sensível nas suas manifestações”, concluiu.