Meneguzzi recebe a visita do diretor regional do Grêmio Porto Alegrense

junho 18, 2019

Taddeu Vargas convidou o parlamentar para o evento Rota 1903: Dia de Grêmio

O vereador Alberto Meneguzzi (PSB) recebeu, na tarde desta terça-feira, 18 de junho, o diretor regional da Serra Gaúcha do Grêmio Foot-ball Porto Alegrense, Taddeu Vargas. Na oportunidade, ambos conversaram sobre as andanças no futebol gaúcho e brasileiro e as histórias dos bastidores, uma vez o parlamentar acompanhava os jogos como jornalista e repórter esportivo.

Ainda na oportunidade, Vargas convidou Meneguzzi para o evento Rota 1903: Dia de Grêmio, que vai acontecer no próximo dia 28 de junho, em Caxias do Sul.

Meneguzzi comemora melhorias na segurança da BR-116, no bairro Planalto

março 25, 2019

Vereador articulou reuniões e vistoria do MPF, que constatou falhas no projeto do Dnit

O vereador Alberto Meneguzzi (PSB) avalia positivamente as melhorias na segurança dos quilômetros 151 a 153 da BR-116, no bairro Planalto. O trecho recebeu obras de duplicação da faixa, no sentido Ana Rech – Galópolis. Depois de pronta a construção da terceira pista, moradores e comerciantes relataram a dificuldade de acessar as residências e estabelecimentos comerciais, bem como de transitar a pé, uma vez que não existia acostamento e nem calçamento no passeio público. O gabinete do parlamentar esteve no local no último sábado, 23 de março.

Relatos também dão conta de que veículos em alta velocidade foram projetados para cima de residências, pela falta de uma pista de desaceleração ou acostamento. Com isso, Meneguzzi realizou diversas visitas ao local e articulou uma reunião dos moradores com o procurador da República, Fabiano de Moraes, no Ministério Público Federal. Depois de ouvir todas as partes, em 08 de fevereiro, foi realizada uma vistoria do MPF no trecho. Na oportunidade, a analista processual do órgão federal, Daniela Grechi, constatou falhas no projeto do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) e ordenou que fossem realizadas melhorias, tão logo se dispusesse de recurso.

Na última semana, iniciaram as obras de colocação de defensa metálica no local onde os veículos bateram e foram projetados para cima das residências e também a instalação de calçamento no passeio público. “É de se comemorar que estejam sendo realizadas as melhorias. Isso é fruto de muita cobrança dos moradores, comerciantes e também do nosso gabinete. É dinheiro público que está aí colocado e precisamos cobrar que a obra seja finalizada e se faça a camada de asfalto que ainda falta para concluir o trecho. Se necessário, vamos novamente ao MPF para buscarmos a finalização da obra”, salienta.

De acordo com Meneguzzi, foram realizadas duas reuniões na sede do MPF e a visita técnica. Além disso, no dia 08 de fevereiro, o gabinete do parlamentar enviou ofício eletrônico ao gabinete do diretor-geral do Dnit, general Antônio Leite dos Santos Filho, pedindo providências e a liberação de verba para conclusão da obra.

 

Meneguzzi pressiona Dnit e cobra MPF sobre tomada de providências na BR-116

fevereiro 8, 2019

Parlamentar participou de vistoria técnica, fruto de sua intermediação junto ao Ministério Público

O vereador Alberto Meneguzzi (PSB) pressionou, na manhã desta sexta-feira, 08 de fevereiro, o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) e pediu que o Ministério Público Federal (MPF) obrigue o departamento a concluir a obra de duplicação da BR-116, no trecho de 900 metros entre os quilômetros 151 e 153. O parlamentar participou de vistoria técnica deliberada pelo procurador Fabiano de Moraes e acompanhada pela analista processual, Daniela Grechi, a partir de sua intermediação num movimento entre moradores e comerciantes e o órgão federal.

Durante a visita, Meneguzzi ressaltou que, apesar de a obra ter facilitado o escoamento de 45 mil veículos por dia, mais de 10 famílias estão com seus acessos comprometidos, sem contar as casas comerciais que funcionam no trecho, que fica entre os bairros Planalto e São Romédio. “É dinheiro público que está aí colocado. Todos estão pagando por uma obra inacabada, com problemas de drenagem, que está causando muitos transtornos, e sem contar que não faz seis meses que a construção da terceira pista foi entregue e o asfalto já está rachado”, salienta.

Na oportunidade, o vereador cobrou que o MPF obrigue, de modo urgente, o Dnit a implementar os passeios públicos, para que os pedestres possam transitar, visto que não há acostamento, bem como possibilitar a colocação de defensas metálicas na curva onde aconteceram três acidentes desde a liberação da terceira pista. “Uma obra aguardada há 20 anos e que é realizada desse jeito. Podemos dizer que, se não for concluída, é recurso público desperdiçado. O asfalto já dá sinais de problemas”, completa.

Ainda nesta sexta-feira, Meneguzzi enviou ofício eletrônico ao diretor-geral do Dnit, o general Antônio Leite dos Santos Filho, explanando a situação e pedindo providências, uma vez que o engenheiro responsável pela obra, Daniel Bencke, justifica a falta de conclusão dos acessos por falta de dinheiro. “Também sugeri que, caso o presidente da República venha a Caxias para a Festa da Uva e ele integrar a comitiva, meu gabinete se coloca à disposição para realizarmos uma visita ao local”, finaliza.

Ofício enviado ao Dnit, em Brasília

Ofício 044 2019 - Dnit

Meneguzzi pede que MPF e Dnit realizem vistoria para solucionar acessos dos moradores da BR-116

fevereiro 1, 2019

Proposta foi acolhida e visita técnica será realizada na sexta-feira, 08 de fevereiro

O vereador Alberto Meneguzzi (PSB) participou, na manhã desta sexta-feira, 1º de fevereiro, de reunião no Ministério Público Federal (MPF), sobre a duplicação do trecho de aproximadamente 900 metros entre os quilômetros 151 e 153 da BR-116, em Caxias do Sul. O encontro é fruto da intermediação do parlamentar, que ainda em novembro de 2018, mobilizou audiência entre moradores e comerciantes das redondezas do acesso ao bairro Planalto e Vila Ipiranga com o procurador Fabiano de Moraes. As pautas principais foram os problemas com a drenagem e a dificuldade no acesso aos imóveis.

Além dos proprietários de casas e estabelecimentos comerciais, participaram da reunião os representantes do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) e da prefeitura de Caxias do Sul. Os moradores reclamaram do desnível entre a nova pista e a já existente, e dizem que a obra não está pronta. O órgão federal, que licitou a construção da terceira faixa e permitiu quarteirizar a execução, se defendeu dizendo que o trecho está pronto e não há verba disponível para repor o calçamento e acesso aos comerciantes e pessoas que residem no trecho. Segundo o engenheiro responsável, Daniel Bencke, cada caso deveria ser analisado.

Nesse momento, Meneguzzi pediu a palavra e repercutiu que, desde setembro de 2018, tem acompanhado o drama dos moradores e comerciantes. Segundo ele, o Dnit dá sinais de que não tem preparo para realizar obras mínimas como essa, de duplicação de uma faixa de 900 metros. “Aqui, o Dnit está querendo se eximir. Ninguém está aqui querendo culpar ninguém, mas os moradores precisam de uma solução urgente e um cronograma e conclusão dessa obra”, salientou.

Diante disso, o vereador propôs a realização de uma vistoria do MPF e do Dnit, acompanhada pelas secretarias de Planejamento e de Obras e Serviços Públicos da prefeitura. Após três tentativas dos representantes do órgão federal de desconstituir a força coletiva dos moradores e órgãos públicos, o procurador da República, Fabiano de Moraes, acolheu o pedido de Meneguzzi e agendou visita técnica para a sexta-feira, dia 08 de fevereiro, às 09h30.

Para Meneguzzi, o encontro revelou a falta de compromisso do Dnit com o uso dos recursos públicos. “Se eles consideram isso uma obra concluída e dão a desculpa de que não tem orçamento, que o MPF acione de forma judicial e obrigue a União ou quem quer que seja organizar um calendário de obras para proporcionar às pessoas que residem ou comercializam nesse trecho uma condição de mais segurança viária”, concluiu.

O vereador Edicarlos Pereira de Souza (PSB), também acompanhou a reunião.

Papa Francisco pede orações pela proteção das famílias

agosto 2, 2018

Vídeo mensal do Pontífice quer chamar atenção das forças políticas e econômicas

O Papa Francisco propõe ao Apostolado da Oração, neste mês de agosto, uma vídeo-mensagem intitulada: “As famílias, um tesouro”.

Por isso, o Pontífice propõe a seguinte intenção Universal para este mês de agosto: “Para que as grandes escolhas econômicas e políticas protejam as famílias como um tesouro da humanidade”.

Não é suficiente falar da sua importância; mas é preciso propor medidas concretas e desenvolver seu papel na sociedade, mediante uma boa política familiar.

Confere a vídeo-mensagem

Meneguzzi recebe presidente do núcleo caxiense do Instituto de Arquitetos do Brasil

julho 10, 2018

Profissional falou sobre estrutura organizacional da entidade em Caxias do Sul

A Câmara Municipal de Caxias do Sul recebeu, na tarde desta terça-feira, 10 de julho, a presidente do núcleo local do Instituto de Arquitetos do Brasil (IAB), Sílvia Nunes. A profissional foi recebida pelo chefe do Legislativo, vereador Alberto Meneguzzi (PSB).

Durante o encontro, Silvia apresentou a estrutura organizacional da entidade, que possui departamentos em diversos estados brasileiros e nove núcleos no Rio Grande do Sul, sendo um deles em Caxias do Sul. De acordo com ela, o IAB desenvolve parcerias para a realização de ações arquitetônicas com viés cultural. Por isso, o Instituto também integra o Conselho Municipal do Patrimônio Histórico e Cultural (Compahc) e a Comissão Especial de Ocupação do complexo da antiga Metalúrgica Abramo Eberle S.A. (Maesa).

De acordo com o presidente do Legislativo, vereador Alberto Meneguzzi (PSB), o IAB tem muito a contribuir com as discussões acerca da preservação do patrimônio histórico de Caxias do Sul. “O Insituto está realizando uma exposição de maquetes de estudantes aqui na Câmara. Isso também mostra a integração entre o poder público e as entidades de classe. Que possamos trabalhar juntos pela preservação e desenvolvimento da nossa cidade”, comenta.

Ao final do encontro, Meneguzzi presenteou Sílvia com o livro “Democracia, memória e cidadania: 125 anos do Poder Legislativo em Caxias do Sul”.