Meneguzzi pede que Prefeitura envie de forma urgente projeto de suspensão da cobrança da tarifa social de água por 90 dias em Caxias

abril 25, 2020

Meneguzzi pede que Prefeitura envie de forma urgente projeto de suspensão da cobrança da tarifa social de água por 90 dias em Caxias

Vereador também pede a suspensão do corte de água por atraso no pagamento das contas

O vereador Alberto Meneguzzi/PSB voltou a cobrar na sessão da última quinta-feira (23.04) da Prefeitura de Caxias do Sul, uma resposta ao seu pedido o sobre a suspensão da cobrança da Tarifa Social de Água por 90 dias aos usuários de baixa renda do município. O pedido do parlamentar do PSB foi feito ainda em 26 de março, em forma de indicação ao executivo. Nele, o vereador sugere  a suspensão imediata da cobrança da tarifa social. A medida valeria por 90 dias ou enquanto estiver em vigor qualquer decreto municipal de prevenção ao Coronavírus. O parlamentar também sugeriu na indicação que seja suspenso o corte no abastecimento de água dos usuários com contas em atraso. O documento foi endereçado ao prefeito Flavio Cassina/PTB e ao diretor-presidente da autarquia na época, Idair Moschen.

Como o vereador não recebeu qualquer resposta do executivo a respeito do assunto, Meneguzzi fez uma cobrança na tribuna da câmara: Em Porto Alegre, um projeto semelhante foi aprovado na última  quinta-feira (23.03). Por lá, a Prefeitura tomou a inciativa e enviou um projeto de isenção ao legislativo. Estou pedindo que por aqui, o executivo envie um projeto o quanto antes para que possamos aprovar.”

Segundo Meneguzzi, são mais de 12 mil famílias que pagam a tarifa social que seriam beneficiadas com a suspensão do pagamento. “Tratam-se de famílias de baixa renda, muitas delas, com pessoas desempregadas. Fato este que se agravam as medidas de contenção ao Coronavírus, devido à suspensão das atividades de muitas empresas e a escassez de oferta de trabalho autônomo, por exemplo. Acredito que essas sugestões podem colaborar para minimizar os efeitos dessa crise internacional na vidam das pessoas mais carentes”, afirma Alberto Meneguzzi que reitera a urgência de uma ação efetiva por parte da Prefeitura de Caxias

 

 

Bispo de Caxias do Sul oferece estrutura do Centro de Pastoral e da Casa de Retiros para ajudar no combate ao coronavirus

março 30, 2020

O  bispo diocesano de Caxias do Sul,  Dom José Gilson esteve na manhã desta segunda-feira ( 30,03) na Prefeitura de Caxias do Sul e se reuniu com o Prefeito e secretários municipais. Dom José Gislon colocou à disposição do município, duas áreas pertencentes  a Mitra Diocesana para possível organização de hospitais de campanha: o Centro Diocesano de Formação Pastoral com 64 leitos, no bairro Colina Sorriso e a Casa de Retiro, localizada no bairro Diamantino, com 45 leitos.

Dom José Gislon também informou que a Igreja Católica fará uma campanha de arrecadação de alimentos que será disponibilizado para a Fundação de Assistência Social ( FAS) que posteriormente, ficará responsável pela distribuição.

O bispo ainda colocou duas áreas da Mitra para possível organização de hospitais de campanha: o Centro Diocesano de Formação Pastoral com 64 leitos, no bairro Colina Sorriso e a Casa de Retiro, localizada no bairro Diamantino, com 45 leitos.

 

Meneguzzi prestigia inauguração do espaço literário do Instituto de Leitura Quindim

novembro 30, 2018

Presidente do Legislativo colocou a Casa à disposição para sediar debates e outras atividades

O presidente do Legislativo caxiense, vereador Alberto Meneguzzi/PSB, prestigiou a inauguração do espaço literário do Instituto de Leitura Quindim (ILQ), junto ao Moinho da Cascata, no bairro Santa Catarina. A solenidade foi realizada no final da tarde desta sexta-feira (30/11) e reuniu dezenas de lideranças do setor cultural, escritores e atores do Grupo de Teatro Ueba, que também utiliza o local para a apresentação de peças.

A biblioteca de referência com mais de 5 mil livros e área de pesquisa nasce com os propósitos de pensar ainda mais na criança e nos adolescentes e criar um ambiente para acolhê-los e incentivá-los à leitura. Além disso, será um espaço para estudos por parte de educadores, pensadores e comunidade em geral. Presidido por Volnei Canonica, o ILQ também reúne diversos voluntários que contribuem com a cadeia literária e cultural em Caxias do Sul.

Antes da inauguração, no plenário da Câmara, Meneguzzi também participou da abertura do I Panorama sobre o Livro, Leitura, Literatura e Bibliotecas do Brasil: Onde estamos e para onde vamos?, do ILQ. Da tribuna, ele ressaltou a importância dos eventos e discussões acerca do tema e das políticas públicas de incentivo à leitura.

Durante o seu discurso, Meneguzzi recordou que a cultura sofre com a falta de investimentos, em todo o Brasil. O parlamentar ressaltou que a Câmara Municipal está sempre de portas abertas e à disposição para sediar debates e outras atividades. “Numa cidade que já foi Capital Brasileira da Cultura, os projetos de incentivo ao livro e à leitura estão fragilizados, bem como o setor cultural. Vida longa ao Quindim, vida longa à cultura e à literatura de Caxias. Contem com o Legislativo”, salientou.

Meneguzzi é eleito presidente da Câmara para 2018

dezembro 14, 2017

O vereador Alberto Meneguzzi (PSB) foi eleito, por unanimidade, às 14h10 desta quinta-feira, 14 de dezembro, presidente da Câmara Municipal de Caxias do Sul para 2018. A escolha aconteceu durante a sessão ordinária, no plenário da Casa. Compõem, ainda, a Mesa Diretora do próximo ano legislativo os vereadores Ricardo Daneluz (PDT), como 1º vice-presidente, Flavio Cassina (PTB), como 2º vice, Gladis Frizzo (PMDB) será a 1ª secretária e Renato Oliveira (PCdoB) o 2º secretário. A posse será em 02 de janeiro de 2018.

“É uma honra e uma graça de Deus ao mesmo tempo. Assumir uma das maiores Câmaras Municipais do Brasil já no segundo ano de mandato é algo muito desafiador, mas que me deixa muito feliz”, resume Meneguzzi.

 

Conheça o futuro comandante do Legislativo caxiense

O futuro presidente da Câmara Municipal de Caxias do Sul no decorrer de 2018, vereador Alberto Meneguzzi, tem 49 anos. Caxiense, nasceu em 21 de dezembro de 1967. Reside no Bairro São Pelegrino. Filho de Lúcio e Therezinha Meneguzzi, ele está no seu primeiro mandato parlamentar, na XVII Legislatura (2017-2020), após ter alcançado 1.850 votos nas eleições de 2016, primeiro pleito de que participou, pelo Partido Socialista Brasileiro (PSB).

Em 2017, Meneguzzi é o vice-presidente da Casa. Faz parte das comissões de Saúde e Meio Ambiente e a de Educação, além da Comissão Temporária Especial para o Enfrentamento da Violência. “Na vida pública, a frase que me incentiva foi dita pelo Papa Francisco, que encoraja os cristãos a se envolverem na política, para mostrarem que o bem comum sempre vence”, destacou o também catequista.

Profissionalmente, Meneguzzi é jornalista e relações públicas. Há mais de 30 anos, exerce a missão de evangelizar jovens, por meio da catequese. Já publicou dois livros: “Paixão de Anunciar” e “Missão de Anunciar”, ambos pelas Paulinas, em 2008 e 2010, respectivamente. Acumula passagens por diversas emissoras de rádio, como repórter esportivo e mediador de debates. Coordenou o Jornalismo das emissoras Tua Rádio São Francisco, Rádio Caxias e Mais Nova FM.

Nos primeiros meses de mandato, o vereador Meneguzzi desenvolveu o aplicativo “Acredita Caxias”, plataforma virtual para dispositivos móveis. Além de facilitar o acesso de cidadãos a pautas de interesse social, o App funciona como um canal, para a reivindicação de demandas, junto ao setor público. O software foi vencedor do prêmio Projeto Inovador 2017, conferido pela Rede Cidade Digital, do Paraná às tecnologias usadas em favor da gestão pública.

 

Confere, no podcast, uma pequena fala de Meneguzzi logo após a eleição