Meneguzzi Nenhum comentário

O integrante da Comissão de Saúde e Meio Ambiente do Legislativo de Caxias do Sul, vereador Alberto Meneguzzi/PSB solicitou, na manhã desta segunda-feira (17),  à Secretaria Municipal da Saúde de Caxias do Sul, que todos os servidores lotados na Unidade Básica de Saúde do Bairro Esplanada sejam testados contra  o Covid-19.  “Recebi, pela manhã, a informação de que 10 profissionais de saúde foram afastados em função de terem positivado à Covid-19. São médicos, enfermeiras, técnicos e agentes de saúde. Trata-se de um surto que precisa de toda a atenção  por parte do poder público, para preservar a saúde dos servidores, funcionários da UBS e até da população que procura de atendimento por lá”,  destaca.

A UBS Esplanada é uma das maiores unidades de atendimento de Caxias e ficou fechada no final desta manhã para uma conversa entre os servidores e a chefia com o objetivo de planejar o trabalho no local no meio desta situação de surto. “Defendo e sempre defendi que todos os servidores da área da saúde, sejam testados frequentemente. Há de se ter um cuidado redobrado com quem está na linha de frente do atendimento e no enfrentamento desta pandemia. Isso, pelo menos para mim, parece ser meio que óbvio e já deveria estar sendo feito. Mas, muitos servidores de saúde, trabalham com muito medo da serem infectados com a doença. Todos nós precisamos nos cuidar e precisamos de cuidado, mas quando se trata dos servidores da área de saúde, o cuidado deve ser ainda maior. É preciso também ‘cuidar’ de quem cuida da gente. Isso é básico.” reforça Meneguzzi.

O secretário de Saúde confirmou o surto  e garantiu que todos os servidores serão testados e o atendimento da UBS Esplanada será adequado ao número de funcionários que permanecerão trabalhando. “Estou acompanhando este assunto de perto. O município não deve economizar recurso algum para a realização de testes. Testagem, deveria ser prioridade para todos, ainda mais para todos aqueles que trabalham na linha de frente no enfrentamento desta pandemia.” finaliza Alberto Meneguzzi.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *