Meneguzzi 1 comentário

Parlamentar encaminhou ofício à Secretaria de Trânsito ressaltando que a legislação precisa ser cumprida para pessoas a partir dos 60 anos

O vereador Alberto Meneguzzi (PSB) enviou ofício, na terça-feira, 15 de janeiro, à Secretaria Municipal de Trânsito, Transportes e Mobilidade (SMTTM), no qual pede que a administração municipal fiscalize o cumprimento da lei das gratuidades do transporte intramunicipal. De acordo com o parlamentar, após aprovação de reajuste de quase 18% no valor das passagens, é preciso garantir que pessoas acima dos 60 anos tenham o seu direito garantido, conforme prevê a legislação municipal e o Estatuto do Idoso.

No documento, Meneguzzi ressalta a importância do diálogo com as empresas concessionárias, mas também da imputação de penalidades e multas, caso seja detectado o desrespeito aos direitos do idoso. Segundo ele, a fiscalização das gratuidades do transporte intramunicipal é uma luta antiga, ainda no tempo que atuava como jornalista. “Na época, eu recebia o senhor Abrelino Dalbosco, presidente da Associação dos Aposentados e Pensionistas. Ele denunciava o descumprimento e ninguém fiscalizava. Em 2017, bati muito forte nessa tecla: se não está bom, por que as empresas não largam o osso? Agora, com quase 18% de reajuste, dá para garantir a passagem gratuita dos idosos”, salienta.

Ainda conforme ele, Caxias do Sul precisa rediscutir as gratuidades, mas essa é uma pauta que deve ser trazida à público e à Câmara Municipal pelo Executivo. “Enquanto a prefeitura não manda um projeto de revisão, precisamos exigir que se cumpra a lei. Inclusive, nosso gabinete está à disposição para todo e qualquer auxílio à SMTTM”, considera Meneguzzi.

O parlamentar deverá encaminhar ofício à Comissão do Idoso do Legislativo, pedindo que o presidente do grupo, vereador Felipe Gremelmaier (MDB), convoque uma reunião com a intenção de alinhar o discurso com as concessionárias e também com o Executivo.

— Um comentário —

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *