Meneguzzi Nenhum comentário

Denúncias de ex-funcionários revelam aplicação de Benzetacil vencida em paciente

O integrante da Comissão de Saúde e Meio Ambiente do Legislativo de Caxias do Sul, vereador Alberto Meneguzzi/PSB, encaminhou ofício ao secretário municipal de Saúde, Jorge Olavo Castro, solicitando a determinação de uma vistoria do Setor de Vigilância Sanitária, na Farmácia da Unidade de Pronto Atendimento Central (UPA). A finalidade é apurar denúncias de ex-funcionários, que relataram sobre a aplicação do antibiótico Benzetacil vencido em paciente, no dia 14 de setembro deste ano, com a com a utilização de uma ampola com validade até o mês de agosto. Além disso, a ocorrência foi anotada pela equipe no livro de registros do plantão e o lote somente foi retirado no último dia 4 de outubro.

Meneguzzi considera fundamental a vistoria, a fim de elucidar a denúncia e apurar as responsabilidades do InSaúde, terceirizada que administra a UPA Central. “A Vigilância Sanitária tem as condições legais de investigar a denúncia. Os fiscais têm prerrogativa para acessar os documentos e comprovar a veracidade dos fatos. Não podemos permitir que uma empresa trate a saúde do cidadão caxiense, de uma forma tão irresponsável como esta relatada pelos trabalhadores”, ressaltou.

No documento, Alberto Meneguzzi ainda ressaltou a necessidade de uma fiscalização mais efetiva sobre o serviço prestado pelo InSaúde. “Essa empresa receberá cerca de R$ 22 milhões do Município até o final do contrato. É dinheiro público investido em um serviço, neste momento, sob suspeita. Trata-se de uma denúncia grave, que, se fosse na iniciativa privada, o fato poderia causar a cassação do alvará e o fechamento do estabelecimento”, salientou.

Foto: Fernando Santos

Ouça a notícia em podcast

 

Esta e outras informações você confere também em:

https://acredita.caxias.br/rd/

https://www.facebook.com/meneguzzivereador40

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *