Meneguzzi Nenhum comentário

Parlamentar também pediu intervenção do Sindilimp para o pagamento integral das rescisões

A publicação no Diário Oficial Eletrônico do Município, nesta quinta-feira (14), sobre a rescisão de contrato entre a Prefeitura e a CCS Serviços Terceirizados, desencadeou uma série de ações por parte do vereador Alberto Meneguzzi/PSB. Uma delas foi uma reunião realizada na manhã desta sexta-feira (15) com a secretária municipal de Recursos Humanos e Logística, Valéria Worman.

Meneguzzi solicitou que o Executivo garanta que os 42 funcionários, que trabalham no Centro Administrativo Municipal, Unidades Básicas de Saúde (UBSs) e no serviço Alô Caxias, entre outros órgãos públicos, recebam integralmente os direitos trabalhistas. A secretária informou que o Município se responsabilizará pelo salário até cumprimento do contrato, que será rescindido em 20 de junho.

Ainda na tarde de quinta-feira e na manhã desta sexta-feira (15.04), o vereador conversou com o presidente do Sindicato dos Trabalhadores da Limpeza e Higienização (Sindilimp), Henrique Silva. Alberto Meneguzzi solicitou que a entidade sindical acompanhe todo o processo e fiscalize as rescisões, reforçando que os trabalhadores recebam os valores devidos pela terceirizada.

Os problemas no pagamento dos funcionários da CCS começaram em fevereiro, quando Meneguzzi começou a receber reclamações de vários deles. As denúncias foram de atraso no pagamento dos salários e benefícios sociais, apropriação indébita de recolhimento para a previdência social e desconto de faltas justificadas, entre outras. A situação voltou a ocorrer nos meses seguintes, foram denunciadas pelo vereador na tribuna do Legislativo e ocasionaram a rescisão de contrato por parte do Município.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *