Meneguzzi Nenhum comentário

Encontro será realizado junto à CIC na tarde da próxima quinta-feira, 10 de maio

O vereador Alberto Meneguzzi (PSB), está mobilizando lideranças do setor cervejeiro e do poder público para uma nova reunião, que tem como objetivo a inclusão de Caxias do Sul na rota cervejeira gaúcha. O encontro será realizado na tarde da próxima quinta-feira, 10 de maio, junto à presidência da Câmara de Indústria Comércio e Serviços (CIC) e terá a presença do proponente da matéria na Assembleia, deputado Elton Weber (PSB). O presidente da Associação dos Produtores de Cerveja da Serra Gaúcha (Aprocerva/Serra), Emílio Kunz também confirmou presença.

Este é o terceiro encontro promovido pelo parlamentar, com a intenção de favorecer o mercado cervejeiro artesanal, neste ano de 2018. No final de janeiro, Meneguzzi se reuniu com lideranças do setor e produtores da bebida, além de representantes da Secretaria Estadual do Desenvolvimento Rural e do Sindicato dos Trabalhadores Agricultores Familiares de Caxias do Sul (STR). Em 19 de fevereiro, liderou comitiva num encontro com o prefeito Daniel Guerra (PRB), tendo em vista que a manifestação oficial de intenção para aderir ao projeto deve partir do Executivo.

Na última segunda-feira, 30 de abril, Meneguzzi contatou o prefeito Guerra para convidá-lo a participar da articulação junto à CIC. Com a presença do deputado Elton Weber, o grupo deverá apresentar o projeto que já foi sancionado pelo governador José Ivo Sartori (PMDB) e se tornou lei no início deste ano e pedir o apoio da entidade para que juntos: Executivo, Legislativo, entidades de classe e lideranças do setor possam galgar adesão do município, que conta com 12 cervejarias artesanais.

Atualmente, 22 cidades gaúchas integram o roteiro, que tem viés turístico e visa facilitar o acesso dos cervejeiros às políticas de desenvolvimento do setor. “A manifestação de interesse de Caxias do Sul possui muito significado para o desenvolvimento do setor, do turismo e da economia local, por isso queremos unir esforços”, explica Meneguzzi.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *