Meneguzzi Nenhum comentário

Ficaram decidas a instauração de inquérito civil e reunião do MPF com o Dnit e a prefeitura

O vereador Alberto Meneguzzi (PSB) intermediou, na tarde desta quarta-feira, 07 de novembro, reunião dos moradores do entorno do quilômetro 152 da BR-116, no bairro Planalto, com o procurador do Ministério Público Federal (MPF), Fabiano de Moraes. Na oportunidade, comerciantes e residentes do local apresentaram as reclamações sobre a obra do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit), que duplicou uma faixa de 900 metros da rodovia federal.

Durante o encontro com Moraes, relataram as dificuldades nos acessos às garagens das casas e aos estabelecimentos comerciais. Além disso, falaram sobre a dificuldade de comunicação com o órgão federal que, por sua vez, ordena a pedir que o Executivo municipal finalize as obras e os calçamentos. Por intermédio de Meneguzzi, na manhã da sexta-feira, 28 de setembro, o secretário de Obras, Leandro Pavan, visitou o local. Ele ouviu as sugestões e no mesmo dia, colocou as equipes da pasta em operação, para auxiliar de forma paliativa.

O procurador do MPF, por sua vez, garantiu a instauração de inquérito civil para averiguar os bastidores da obra, os contratos e a razão pela qual não houve a devida conclusão. Também será realizada reunião entre Moraes, representantes do Dnit e da prefeitura, com a finalidade de dar uma solução à demanda, com a maior agilidade possível. O Executivo municipal será convidado, uma vez que o projeto original de duplicação partiu da Secretaria Municipal do Planejamento (Seplan). Segundo a administração, no entanto, o órgão federal alterou o plano.

Para Meneguzzi, a reunião foi satisfatória, uma vez que permitiu aos moradores e comerciantes exporem suas demandas ao ente federado que pode fiscalizar e reunir as partes para ter ciência do que realmente aconteceu e dar os devidos encaminhamentos. “O doutor Fabiano adiantou que a finalização da obra é imprescindível. Por isso, pedimos que ele possa se reunir com o Dnit e a prefeitura o quanto antes, porque é uma questão de segurança e cuidado com a vida das pessoas que circulam a pé e de carro por ali, além dos moradores e comerciantes”, salienta.

Ao final do encontro, a comitiva entregou um abaixo-assinado ao procurador. No documento, estão mais de 140 manifestações de moradores, clientes e comerciantes, que pedem a conclusão das obras e o restabelecimento dos acessos. O vereador Edi Carlos Pereira de Souza (PSB), morador da região do Planalto, também acompanhou a visita.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *