Meneguzzi Nenhum comentário

Bancada do PSB acredita que é necessário investigar problemas administrativos e estruturais da gestão municipal

O vereador Alberto Meneguzzi (PSB) se posicionou de forma favorável a abertura de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para apurar problemas relacionados à saúde pública de Caxias do Sul. Durante a sessão ordinária desta quinta-feira, 15 de agosto, ele foi à tribuna, no espaço do Grande Expediente, onde citou a sobrecarga de trabalho dos funcionários da UPA Zona Norte e o mau atendimento, bem como a falta de transparência sobre as obras na UPA Central.

Da tribuna, Meneguzzi revelou que as duas organizações que concorrem no certame para administrar a UPA Central, antigo Pronto Atendimento 24h, registram problemas e autos de infração nas unidades que dirigem em diversas partes do Brasil. São mais de 200 multas aplicadas pelo Ministério do Trabalho, atual Secretaria Especial do Trabalho e Previdência, às empresas Pró-Saúde e Insaúde.

A CPI é uma proposição da bancada do Partido Socialista Brasileiro (PSB), para que se investiguem problemas administrativos e estruturais da gestão municipal. Meneguzzi recordou que o orçamento da saúde em Caxias do Sul gira próximo dos R$ 500 milhões anuais e que, por isso, é necessário fiscalizar o bom uso dos recursos públicos “Está na hora de a gente ir mais a fundo na investigação desses recursos, dessas empresas e das ações desse governo na área da saúde”, apontou.

Para ser instaurada, a CPI precisa ter a anuência de um terço dos parlamentares, ou seja, de oito vereadores.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *