Meneguzzi Nenhum comentário

Parlamentar lamenta que desinformação pode comprometer estudos sobre a pandemia

Nesta segunda-feira (18), Alberto Meneguzzi/PSB repercutiu a notícia referente às equipes de pesquisa coordenada pela Universidade Federal de Pelotas (UFPel) que foram agredidas e detidas em diversas cidades brasileiras. A finalidade é analisar a evolução de casos de covid-19 na população, mas devido a falta de informação os profissionais foram impedidos de realizar o trabalho. 

De acordo com Meneguzzi, “O Rio Grande do Sul tem sido um exemplo para outros estados do País no combate à pandemia. Esta pesquisa é importante e ganhou repercussão nacional. Lamento que a falta de informação e as fake news tenham causado estes transtornos. Muitas pessoas espalharam notícias falsas sobre a pesquisa e isto deixou os moradores com medo”, salienta.

Em alguns casos, o material utilizado foi destruído e os profissionais, levados a abandonar os municípios sob ameaças. “Me posiciono a favor da ciência e contra a desinformação que está sendo disseminada por muita gente. Vamos combater a “fake news” com todas as armas que temos”, conclui.

Ouça a notícia em podcast

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *