Meneguzzi Nenhum comentário

Parlamentar acredita que falta comunicação das concessionárias com a população

O vereador Alberto Meneguzzi/PSB participou, na manhã desta quarta-feira (10), de um encontro promovido pela Comissão de Direitos Humanos e Cidadania (CDHC) do Legislativo. A finalidade foi debater os recentes aumentos dos valores das contas do Serviço Autônomo Municipal de Água e Esgoto (Samae) e da RGE Distribuidora de Energia. Os problemas foram temas de pronunciamentos e ações do parlamentar. Entre elas, a indicação para a isenção da tarifa social do Samae durante o período de pandemia.

Meneguzzi ressaltou que os aumentos vieram em um período em que as famílias de baixa renda estão passando por mais dificuldades. Ele considerou insuficientes as justificativas da direção da RGE, que alegou cobrança por média de consumo, nos últimos meses.

Ainda segundo o parlamentar, a busca de informações sobre a prestação de serviços tem levado muitas pessoas a sair de casa, causando aglomerações desnecessárias. Para ele, falta comunicação entre a autarquia e a concessionárias com os consumidores. Meneguzzi sugeriu que Samae e RGE invistam mais em comunicação, utilizando mídias espontâneas e pagas, também colaborando com a atual situação financeira dos veículos de comunicação.

Os veículos de rádio são fundamentais para comunicação com a população de baixa renda. Que as direções se coloquem mais à disposição da imprensa, que sempre está disponível para clarear todas as perguntas e atingem toda essa faixa de público. Também que se faça mídia paga, até pelo zelo que vocês estão tendo, assim como tem feito o Governo do Estado. A RGE, que foi comprada por milhões por um grupo chinês, pode ter recursos para investir na comunicação um pouco e que atinja mais a população de baixa renda”, salientou Meneguzzi.

Ouça a notícia em podcast

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *