Meneguzzi Nenhum comentário

Parlamentar ressalta a necessidade de mais políticas públicas para a população carente

 O vereador Alberto Meneguzzi/PSB participou, na manhã desta sexta-feira (15), de uma reunião promovida pela Comissão de Direitos Humanos e Cidadania do Legislativo de Caxias do Sul. O encontro foi sugerido pelo parlamentar, a fim de discutir a morosidade na avaliação e liberação do Auxílio Emergencial, concedido pelo governo Federal. Participaram representantes da Caixa Federal, Fundação de Assistência Social (FAS), Ministério Público Federal (MPF) e integrantes do grupo de trabalho. A sugestão ocorreu depois do recebimento de dezenas de questionamentos por parte de cidadãos, que aguardam para receber o valor de R$ 600 ainda da primeira das três parcelas, pagas por meio da Caixa Federal.

Meneguzzi ressaltou que está havendo falha na comunicação com os solicitantes. Isso porque os cidadãos estão se aglomerando nas agências da Caixa Federal, muitos deles sem necessidade de acesso presencial ao benefício. “Apesar do esforço do banco para atender, há reclamações de que o aplicativo não funciona, que há falta de informação. Como é que podemos corrigir isso? Precisa atender de forma mais digna as pessoas que estão na fila da Caixa, que estão buscando o Auxílio Emergencial”, salientou.

O parlamentar também ressaltou dados sobre a vulnerabilidade social em Caxias do Sul, onde cerca de 14 mil famílias vivem com menos de meio salário-mínimo por mês. Pessoas que, segundo Meneguzzi, estão precisando do auxílio do governo, mas estão com dificuldade de acessar o benefício. “A questão é como a gente pode fazer políticas públicas para minimizar essa situação de miséria que as pessoas estão passando”, questionou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *