Meneguzzi Nenhum comentário

A intenção é apurar denúncias de suposto excesso de FGs em cargos de Coordenação

A Câmara de Vereadores aprovou um pedido de informações do vereador Alberto Meneguzzi/PSB, na sessão representativa desta terça-feira (21). O requerimento se refere ao quadro de pessoal da Fundação de Assistência Social (FAS).

Segundo o parlamentar, os questionamentos surgiram por meio de denúncias sobre suposto excesso de FGs para cargos de coordenação. “Preciso ter estes dados para dar razão ou não ao cidadão que fez a denúncia. Caso tenha fundamento, encaminharei para a presidente da FAS, Marles Stela Sebben. É um trabalho de colaboração,” ressalta.

Entre as justificativas de Meneguzzi, está o pleno funcionamento do Cadastro Único (CadÚnico), que realiza a habilitação para o recebimento dos benefícios sociais. De acordo com ele, é necessário ter uma estrutura funcional que supra a demanda de atendimento da população.

QUESTIONAMENTOS

1. Qual o número de servidores lotados na FAS e a distribuição deles em cargos de provimento efetivo, cargos comissionados (CCs), estagiários e celetistas, se for o caso?

2. Quantos servidores são detentores de Função Gratificada (FG) e quais os respectivos níveis?

3. Quais servidores ocupam cargos de Coordenador(a) ?

4. Quais servidores trabalham no setor do Cadastro Único (CadÚnico)?

Ouça a notícia em podcast

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *