Meneguzzi Nenhum comentário
Os jovens precisam de emprego ( Alberto Meneguzzi)
Eu apresentava tranquilamente o programa num Domingo desses pela manhã na Rádio Caxias. Foi quando falei no ar do Projeto Pescar da Paróquia São José e coloquei depoimentos de cinco jovens que falaram como o projeto modificou suas vidas. Foi coisa de dez minutos no máximo.
Pronto.
Um executivo de uma empresa de Caxias ouviu, mandou recado pelo whats da rádio, pediu o contato do projeto, fiz a intermediação com o pessoal do Pescar/São José e fiquei muito, mas muito feliz, em saber que um dos jovens do projeto, de 18 anos, foi contratado pela instituição. A empresa, chamada SL VEÍCULOS, é revenda da FORD para toda a região da Serra e dos Vales.
Eu a Margô, choramos juntos ao saber desta notícia. O projeto que concebemos, o Acredita, tem esse objetivo: ajudar pessoas, indicar caminhos, transmitir esperança e na medida do possível ,mostrar o trabalho lindo que muitos projetos sociais fazem.
E, no que se refere aos jovens, eu tenho um carinho especial, pois trabalhei com jovens durante quase 30 anos na catequese: precisamos olhar para eles com atenção, pois muitos estão fora da sala de aula, não possuem cursos profissionalizantes e acabam se perdendo nas drogas, na depressão, no crime, na tristeza, na falta a de perspectiva de uma vida melhor. Quando um jovem, em situação de vulnerabilidade, é cuidado, ajudado na formação humana, é ouvido e orientado e recebido e amado, por qualquer instituição de ensino ou projeto social, e a ele é dado disciplina, orientação, espiritualidade e formação profissional, não tem como dar errado. A nossa juventude precisa muito de emprego. São 14, 4 milhões de desempregados no país e um percentual muito grande está na faixa etária dos 19 aos 29 anos. Isso em contar os menores aprendizes que tem cada vez menos oportunidades.
O nosso programa de Rádio, o Acredita, ajudou nisso: foi apenas UM por enquanto, mas para nós, foi motivo de muita alegria que um jovem de 18 anos, conseguiu colocação no mercado de trabalho por que alguém ouviu um programa de Rádio num domingo pela manhã e se interessou em contratar.
Que Deus abençoe os nossos jovens.
Que Deus abençoe este empresário.
Que Deus abençoe o projeto Pescar e outros projetos que trabalham com nossos jovens.
Que Deus nos abençoe como jornalistas e comunicadores que somos. Nós acreditamos em dias melhores.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *