Meneguzzi Nenhum comentário

Vereador recebeu coordenador do Procon para tratar, entre outros assuntos, sobre fiscalização de postos de combustíveis

O vereador Alberto Meneguzzi (PSB) recebeu, na tarde desta sexta-feira, 1º de março, o coordenador do Procon Caxias do Sul, Luiz Fernando Del Rio Horn, para tratar, dentre outros assuntos, sobre a fiscalização às revendas de combustíveis e também às operadoras de telefonia. Com relação ao pedido que o parlamentar fez ao órgão na última segunda-feira, 25 de fevereiro, para que a empresa NET fosse responsabilizada pela interrupção do serviço, Horn explicou que foi lavrada notificação com o pedido de ressarcimento de valores do tempo em que o atendimento não foi prestado.

Sobre a demanda recorrente de Meneguzzi de fiscalização aos preços praticados pelas revendas de combustíveis, Horn salientou que ao longo dos últimos dois anos, os postos de combustíveis foram intensamente auditados e multados em diversas oportunidades. Ele ressaltou que, apesar de todo o trabalho, nem o Procon, nem os Ministérios Públicos e nem a Agência Nacional de Petróleo (ANP) tem ingerência para o controle de preços. O coordenador explicou que irá a Brasília nos próximos dias para levar uma carta aberta dos Procons da região, onde pedem a mudança da política de distribuição dos combustíveis.

Entre outros assuntos, Meneguzzi e Horn também trataram sobre as ações do Procon para a defesa direitos dos idosos. O coordenador do órgão revelou que foram aplicados mais de R$ 1,1 milhão em multas às financeiras, por diversas irregularidades, dentre elas a cooptação de idosos nas ruas. Ambos trataram de possíveis alterações de lei do Código de Posturas do Município.

Meneguzzi avaliou como positivo o encontro e disponibilizou do seu mandato para que Horn possa divulgar as ações do Procon. “Nós temos essa atribuição sempre: fiscalizar, apontar irregularidades e propor soluções. Pedi que o Procon seja ainda mais forte, fiscalize mais e coloquei nosso gabinete à disposição. Vamos sentar e propormos leis para que os direitos do consumidor sejam respeitados”, salientou.

Horn deverá usar o espaço de acordo de líderes na sessão da próxima quinta-feira, 07 de março, a partir de solicitação do gabinete de Meneguzzi. Ele irá falar sobre a as ações para o Dia Mundial do Consumidor.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *