Meneguzzi Nenhum comentário

Depois de receber dezenas de reclamações, vereador contatou coordenador do órgão na manhã do sábado, 09 de março

Uma ação do Procon Caxias do Sul foi comemorada pelo vereador Alberto Meneguzzi (PSB), na tarde deste domingo, 10 de março. Por iniciativa do parlamentar, que fez contato com o coordenador do órgão de defesa dos direitos do consumidor, Luiz Fernando Del Rio Horn, na manhã do sábado, 09, foi determinado o ressarcimento integral dos valores de ingressos adquiridos para as apresentações da cantora Anitta e da dupla Zé Neto & Cristiano na última sexta-feira, durante a Festa da Uva 2019.

Meneguzzi parlamentar recebeu, entre a noite de sexta-feira e a manhã de hoje, dezenas de reclamações sobre a falta de acesso aos espetáculos. No contato telefônico, o vereador pediu que Horn vistoriasse o local, uma vez que além das milhares de pessoas que compraram ingressos e não entraram na Casa Dela Música, um dos camarotes teria cedido devido ao sobrepeso.

De acordo com o Horn, a Festa da Uva explica que o bloqueio dos acessos se deu tendo em vista a capacidade de público descrita pelo Plano de Prevenção e Proteção Contra Incêndio (PPCI). Foi confirmado o problema com a estrutura do camarote.  Além do valor dos ingressos comprados para as áreas vip, camarotes e on stage (todos específicos para acesso aos shows), o órgão também determinou que a Festa faça o ressarcimento das despesas de deslocamento com transporte de quem adquiriu o ingresso exclusivo e ficou de fora. O pedido deve ser feito pelo site www.festadauva.com.br.

Para Meneguzzi, houve claro desrespeito ao consumidor, uma vez que foram comercializados ingressos, inclusive para áreas de camarote, em número excessivo. “Vou continuar denunciado e exigindo que o Procon se movimente quando o consumidor se sentir lesado. Foi o caso do show de sexta-feira à noite, onde milhares de pessoas que pagaram ingressos não tiveram acesso ao Parque da Festa da Uva. Há quem diga que o Procon não faz nada, que não adianta denunciar. Mas eu denuncio e cobro atitudes”, salienta.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *