Em sessão emocionante, fotógrafa Liliane Giordano recebe Título de Cidadã Caxiense

agosto 20, 2019

Homenagem foi indicação do vereador Alberto Meneguzzi e teve a presença de representantes do setor cultural

A fotógrafa Liliane Giordano recebeu, na noite da segunda-feira, 19 de agosto, o Título de Cidadã Caxiense, em sessão solene no plenário do Legislativo. A homenagem foi proposta pelo vereador Alberto Meneguzzi (PSB) emocionou a todos os participantes e contou com a presença de representantes do setor cultural de Caxias do Sul. O ato foi presidido pela vereadora Paula Ioris (PSDB).

Em seu discurso, Meneguzzi citou que a fotografia, na comunicação, é a arte de eternizar os momentos em imagens. O parlamentar citou como exemplo as galerias de ex-prefeitos e ex-presidentes da Câmara de Caxias do Sul, localizada no saguão e na sala da presidência. Além disso, ele citou a aprovação, em 2017, da lei que formaliza a realização anual da Semana Municipal da Fotografia, que neste ano chega à 12ª edição.

Ao homenagear Liliane, o vereador fez memória da história da profissional que iniciou sua carreira na área da informática. Salientou o talento, a humildade, a capacidade empreendedora da fotógrafa. “Ela adotou Caxias, ela sempre deu o máximo de si para tornar a cultura caxiense mais sólida. Além disso, como professora, compartilha o conhecimento com jovens, adultos e nas igrejas, comunidades, ONGs e escolas, faz muitas ações voltadas ao ensino da arte de fotografar. Muito obrigado por tudo o que tu representas para Caxias”, concluiu Meneguzzi.

Liliane nasceu em Esmeralda/RS e veio para Caxias do Sul aos 22 anos de idade. Seu gosto pelo mundo da imagem não surgiu pelo resultado da fotografia em si, mas pelo que acontecia no processo, como a câmera funcionava e qual era a reação das pessoas frente a ela. Com o advento da fotografia digital, ela conciliou seus conhecimentos de informática com o mundo da fotografia.

Em 2007, Liliane iniciou a Sala de Fotografia, onde passou a dar cursos focados no processo, analisando como os estudantes reagiam às aulas e o que mudava em suas vidas. Aos poucos, isso se tornou um percurso didático, com aulas focadas na contribuição do estudante para a leitura da visualidade como um todo. Em 2018, lançou a “Liliane Giordano Arte em Roupa” que consiste na fabricação, com tiragem limitada, de peças de vestuário com estampas das fotografias feitas por ela.

Também é professora do Centro Universitário da Serra Gaúcha (FSG) e ministra cursos, oficinas e palestras gratuitas sobre fotografia e sua importância social. No seu trabalho comunitário e pela valorização da fotografia e da cultura caxiense, Liliane foi uma das fundadoras do Clube do Fotógrafo de Caxias do Sul. Também uma das incentivadoras e realizadoras da Semana da Fotografia de Caxias do Sul.

Após receber o diploma de Cidadã Caxiense, Liliane foi à tribuna da Câmara e emocionou a plateia com sua história de vida. Ela agradeceu pela homenagem e fez memória de sua família, que lhe ensinou os valores humanos e profissionais. “Eu escolhi morar em Caxias e Caxias me acolheu. Agradeço as oportunidades de trabalho, das universidades e também de conviver entre os jovens, criando com eles. Tudo isso me permite ajudar a construir uma cidade melhor, com pitadas de amor”, pontuou.

Até o dia 30 de agosto, a comunidade caxiense pode conferir a exposição “Cidadãos do Mundo”, da fotógrafa Liliane Giordano. São quadros que mostram sorrisos e linhas faciais de pessoas de diferentes culturas. A mostra está localizada no Espaço Cultural Mário Crosa.

Liliane Giordano recebe título de Cidadã Caxiense no Dia Mundial da Fotografia

agosto 16, 2019

Indicada por Meneguzzi, homenagem acontece na segunda-feira, 19 de agosto às 19h

A fotógrafa Liliane Giordano receberá o título de Cidadã Caxiense pelo Legislativo municipal. A matéria foi idealizada pelo vereador Alberto Meneguzzi (PSB) que destaca Liliane como ativista cultural e social. A homenagem acontece na segunda-feira, 19 de agosto de 2019 (Dia Mundial da Fotografia), às 19h, no plenário Deputado Nadyr Rossetti.

O parlamentar afirma que a profissional empenhou esforços em proporcionar cursos de inclusão no mercado de trabalho, entre outros. “Pelo que ela realiza, principalmente nos projetos sociais e como empreendedora é que sugeria homenagem, que foi acolhida por unanimidade dos vereadores”, frisa Meneguzzi.

Liliane nasceu em Esmeralda/RS e veio para Caxias do Sul aos 22 anos de idade. Em função de sua curiosidade sobre o funcionamento das máquinas, dedicou os estudos iniciais à informática. Tentando descobrir o que acontecia dentro de um computador, construiu uma sólida carreira de 18 anos nessa área.

Seu gosto pelo mundo da imagem não surgiu pelo resultado da fotografia em si, mas pelo que acontecia no processo, como a câmera funcionava e qual era a reação das pessoas frente a ela. E assim a mudança de área foi natural, sobretudo com o advento da fotografia digital, que permitiu a Liliane conciliar seus conhecimentos de informática com o mundo da fotografia.

A matéria destaca que ela aproveitou a criação do curso superior em Fotografia na Universidade de Caxias do Sul (UCS), um dos primeiros do Brasil, para obter graduação em 2005. Também é graduada em Tecnologia em Processamento de Dados pela UCS (1997) e possui especialização em Ciência da Computação pela UFRGS (2000).

Em 2007, iniciou a Sala de Fotografia, onde passou a dar cursos focados no processo, analisando como os estudantes reagiam às aulas e o que mudava em suas vidas. Aos poucos, isso se tornou um percurso didático, com aulas focadas na contribuição do estudante para a leitura da visualidade como um todo.

Segundo informações do documento, ao longo de sua trajetória na fotografia, foram cerca de 20 exposições individuais, 30 exposições coletivas e oito premiações. Além de diversas participações em bancas de concursos fotográficos, mais de 100 turmas no Curso de Fotografia e mais de 1 mil alunos na Sala de Fotografia.

Atualmente, Liliane busca novos horizontes para sua fotografia. Em 2018, lançou a “Liliane Giordano Arte em Roupa” que consiste na fabricação, com tiragem limitada, de peças de vestuário com estampas das fotografias feitas por ela.

Também é professora do Centro Universitário da Serra Gaúcha (FSG) e ministra cursos, oficinas e palestras gratuitas sobre fotografia e sua importância social. No seu trabalho comunitário e pela valorização da fotografia e da cultura caxiense, Liliane foi uma das fundadoras do Clube do Fotógrafo de Caxias do Sul. Também uma das incentivadoras e realizadoras da Semana da Fotografia de Caxias do Sul.

A partir de Lei proposta por Meneguzzi, Semana Municipal da Fotografia ganhou mais respaldo

agosto 12, 2019

Programação começou no último dia 03 e segue até o final de agosto, com exposições, palestras e workshops gratuitos

A Semana da Fotografia de Caxias do Sul chega a sua 12ª edição, neste ano de 2019. A programação iniciou no dia 03 e segue até o final de agosto. Essa grande atividade cultural ganhou mais respaldo a partir da sanção da Lei 8.253/2017, de autoria do vereador Alberto Meneguzzi (PSB). A medida foi protocolada em 2017 e ganhou aprovação unânime da Câmara. A partir de então, essa iniciativa, que já existia há 10 anos, passou a ter base legal para acontecer.

Neste ano, a programação da Semana da Fotografia traz diversas exposições, palestras, workshops e oficinas de forma gratuita à comunidade caxiense. Trata-se de uma ação colaborativa entre instituições e entidades culturais e educacionais, visando debater, refletir, investigar e fomentar os processos de criação, produção e pesquisa relacionados à fotografia. Ela surgiu para comemorar o Dia Mundial da Fotografia, celebrado em 19 de agosto. Na Lei está descrito que o evento deve acontecer num período em que o dia 19 esteja inserido.

A 12ª Semana da Fotografia de Caxias do Sul é uma realização da prefeitura e da Sala de Fotografia, com o apoio de diversas instituições do município. De acordo com Meneguzzi, atividades como essa ajudam a fomentar a produção cultural local. “Fotografia é história e comunicação ao mesmo tempo. Ao longo das edições, a programação foi crescendo e ganhou uma expressão importantíssima. Era uma semana e agora é um mês cheio de atividades”, salienta.

Indicada por Meneguzzi, fotógrafa Liliane Giordano receberá título de Cidadã Caxiense

maio 8, 2019

Homenagem acontece em 19 de agosto de 2019, às 19h, no plenário Deputado Nadyr Rossetti

A fotógrafa Liliane Giordano receberá o título de Cidadã Caxiense pelo Legislativo municipal. O projeto de decreto legislativo 3/2019, que prevê a honraria, foi aprovado por unanimidade durante a sessão ordinária desta terça-feira, 07 de maio. A matéria foi idealizada pelo vereador Alberto Meneguzzi (PSB) que destaca Liliane como ativista cultural e social. A homenagem está prevista para acontecer em 19 de agosto de 2019 (Dia Mundial da Fotografia), às 19h, no plenário Deputado Nadyr Rossetti.

O parlamentar afirma que a profissional empenhou esforços em proporcionar cursos de inclusão no mercado de trabalho, entre outros. “Pelo que ela realiza, principalmente nos projetos sociais e como empreendedora é que estou sugerindo como uma das homenageadas”, frisou.

Conforme o documento, Liliane nasceu em Esmeralda/RS e veio para Caxias do Sul aos 22 anos de idade. Em função de sua curiosidade sobre o funcionamento das máquinas, dedicou os estudos iniciais à informática. Tentando descobrir o que acontecia dentro de um computador, construiu uma sólida carreira de 18 anos nessa área.

Seu gosto pelo mundo da imagem não surgiu pelo resultado da fotografia em si, mas pelo que acontecia no processo, como a câmera funcionava e qual era a reação das pessoas frente a ela. E assim a mudança de área foi natural, sobretudo com o advento da fotografia digital, que permitiu a Liliane conciliar seus conhecimentos de informática com o mundo da fotografia.

A matéria destaca que ela aproveitou a criação do curso superior em Fotografia na Universidade de Caxias do Sul (UCS), um dos primeiros do Brasil, para obter graduação em 2005. Também é graduada em Tecnologia em Processamento de Dados pela UCS (1997) e possui especialização em Ciência da Computação pela UFRGS (2000).

Em 2007, iniciou a Sala de Fotografia, onde passou a dar cursos focados no processo, analisando como os estudantes reagiam às aulas e o que mudava em suas vidas. Aos poucos, isso se tornou um percurso didático, com aulas focadas na contribuição do estudante para a leitura da visualidade como um todo.

Segundo informações do documento, ao longo de sua trajetória na fotografia, foram cerca de 20 exposições individuais, 30 exposições coletivas e oito premiações. Além de diversas participações em bancas de concursos fotográficos, mais de 100 turmas no Curso de Fotografia e mais de 1 mil alunos na Sala de Fotografia.

Atualmente, Liliane busca novos horizontes para sua fotografia. Em 2018, lançou a “Liliane Giordano Arte em Roupa” que consiste na fabricação, com tiragem limitada, de peças de vestuário com estampas das fotografias feitas por ela.

Também é professora do Centro Universitário da Serra Gaúcha (FSG) e ministra cursos, oficinas e palestras gratuitas sobre fotografia e sua importância social. No seu trabalho comunitário e pela valorização da fotografia e da cultura caxiense, Liliane foi uma das fundadoras do Clube do Fotógrafo de Caxias do Sul. Também uma das incentivadoras e realizadoras da Semana da Fotografia de Caxias do Sul.

Meneguzzi prestigia premiação da Bienal Brasileira de Fotografia Preto e Branco

agosto 5, 2018

Presidente do Legislativo destacou a importância do evento para o segmento cultural de Caxias

O presidente do Legislativo caxiense, Alberto Meneguzzi (PSB), participou, na noite de sábado, 04 de agosto, da solenidade de premiação da trigésima edição da Bienal Brasileira de Arte Fotográfica Preto e Branco. O evento segue até 30 de agosto, na Casa da Cultura de Caxias do Sul. Durante a cerimônia, o parlamentar fez uso da palavra e destacou a importância do evento, sediado neste ano pelo Clube do Fotógrafo de Caxias do Sul, para a cultura local.

De acordo com Meneguzzi, Caxias do Sul está num caminho árduo de desenvolvimento do setor cultural, sobretudo pela falta de políticas públicas destinadas ao setor. “Recordo que, ano passado, quando tomei posse na Câmara, recebi algumas lideranças da fotografia caxiense que relataram a existência de uma semana municipal há 10 anos, mas que ainda não havia sido regulamentada. Foi aí que protocolamos a Lei, que foi aprovada e sancionada”, comentou.

A Bienal é o maior maior evento fotográfico interclubes do país e irá trazer a Caxias do Sul, até 30 de agosto, renomados fotógrafos. Realizada de forma itinerante, a cada ano, um fotoclube se responsabiliza por sediar a programação, sendo que todas as atividades são gratuitas e abertas ao público em geral.

Além das oficinas, palestras e demais atividades, a Bienal caxiense conta uma das mais belas exposições coletivas no que se refere a imagens autorais de cunho artístico. A cada edição, conforme a organização, participam mais de 3 mil fotografias, que são submetidas a uma seleção realizada por um corpo de jurados, que escolhem as 150 melhores imagens que farão parte da mostra. Dentre elas são destacadas as medalhas de Ouro, Prata e Bronze, e mais 17 Menções Honrosas.

Meneguzzi também participou da abertura da mostra, que pode ser visitada na Galeria Municipal de Arte Gerd Bornheim, na Casa da Cultura, de segunda a sexta-feira das 8h às 18h e, aos sábados, das 10h às 16h.   

A XXX Bienal Brasileira de Arte Fotográfica Preto e Branco também integra a 11ª edição da Semana Municipal da Fotografia de Caxias do Sul, que terá sua abertura oficial em 10 de agosto, às 19h e seu encerramento em 25 de agosto. O Legislativo caxiense também participa do evento, com a exposição “Linhas Poéticas”, de Nilva Damian e Sandra Puente, no Espaço Cultural Mário Crosa, de 20 a 31 de agosto.

Proposta pelo vereador Alberto Meneguzzi em 10 de agosto de 2017, a Lei 8.253, de 29 de dezembro de 2017, foi aprovada por unanimidade pelos vereadores caxienses. Ela regulamenta a realização do evento durante a segunda quinzena de agosto, contendo o dia 19 desse mês, quando se comemora o Dia Mundial da Fotografia.

Diário da Presidência – 02/01/2018

janeiro 2, 2018

O gabinete do presidente da Câmara Municipal de Caxias do Sul, vereador Alberto Meneguzzi (PSB), divulga, a partir deste dia 02 de janeiro de 2018, um pequeno resumo das atividades do parlamentar na presidência do Legislativo caxiense. Uma forma de deixar os cidadãos informados sobre a rotina e os bastidores da mesa diretora.

Câmara Municipal de Caxias do Sul

Gabinete da Presidência

Vereador Alberto Meneguzzi

02 de janeiro de 2018

Meneguzzi toma posse como presidente do Legilsativo
Foto: Cléver Moreira

08h – Posse da nova mesa diretora da Câmara Municipal de Caxias do Sul para o ano de 2018, tendo como presidente o vereador Alberto Meneguzzi (PSB). O 1º vice-presidente é o vereador Ricardo Daneluz (PDT) e o 2º vice é o vereador Flávio Cassina (PTB). Como 1ª secretária assumiu a vereadora Gládis Frizzo (PMDB), sendo o 2º secretário Renato Oliveira do PCdoB. Foi feita a leitura da ata e posterior assinatura. A partir de então, o presidente do exercício 2017, Felipe Gremelmaier (PMDB), empossou Meneguzzi e a mesa. Durante seu discurso, Alberto agradeceu a amizade e o aprendizado que obteve com Felipe, do qual é amigo pessoal de longa data. O novo presidente também agradeceu o até então chefe da Comunicação Social, Paulo Cancian e apresentou o diretor-geral, Rodrigo Weber e o novo chefe de comunicação, o jornalista Tales Armiliato. “Para mim é um desafio muito grande assumir a presidência desta Casa. Nós, aqui, entendemos que o trabalho da mesa diretora é um trabalho de continuidade e eu quero continuar o trabalho do Felipe e da mesa diretora de 2017. Não tem como fazer um trabalho separado, temos que fazer um trabalho conjunto, de união de esforços, de diálogo, de serenidade”, salientou Meneguzzi.

 

08h30 – Meneguzzi conduziu a primeira sessão de 2018, sendo a 8ª Sessão Representativa da XVII Legislatura.

10h – Reunião da mesa diretora, tendo como pautas as reformas do plenário, a transparência ativa e outros assuntos de ordem geral;

Visita da mesa diretora ao prefeito Daniel Guerra (PRB) – Foto Clever Moreira

11h – Visita de cortesia da mesa diretora e dos diretores geral e de comunicação social ao prefeito Daniel Guerra (PRB). Na ocasião, Meneguzzi entregou um exemplar do livro “Democracia, memória e cidadania: 125 anos do Poder Legislativo de Caxias do Sul”, lançado em dezembro de 2017 pela Câmara e a sugestão da publicação das portarias de nomeação, exoneração, troca de padrão, troca de cargo e relotação de cargos comissionados (Ccs) e de provimento efetivo da Prefeitura, no Diário Oficial Eletrônico do Município.

Márcia Benin Adami, Alberto Meneguzzi e Sérgio Adami – Foto Felipe Padilha

11h20 – Sanção da Lei Municipal 8.254/2017, que consolida o dia 16 de julho como o Dia Municipal do Ato Pela Cultura da Paz – Ana Clara Adami. O projeto é de autoria de Meneguzzi, sendo aprovado em 12 de dezembro de 2017, por unanimidade, no plenário da Câmara. Os pais da pequena Ana Clara Benin Adami, Sérgio e Márcia, estiveram presentes. “É uma forma de o poder público se redimir, de pedir desculpas pelas falhas na segurança. Isso não trará a Ana Clara de volta, mas conforta o coração de vocês e nos ajuda a entender que só se pode combater a violência construindo a Paz”, ressaltou Meneguzzi.

 

 

 

Alberto Meneguzzi e a fotógrafa Liliane Giordano – Foto Felipe Padilha

11h30 – Sanção da Lei Municipal 8.253/2017, que institui a Semana Municipal da Fotografia a ser realizada sempre na segunda quinzena de agosto. O projeto foi protocolado por Meneguzzi, em 2017, e recebeu aprovação unânime do plenário em 07 de dezembro do mesmo ano. A fotógrafa e indicadora da proposição, Liliane Giordano, participou do ato e lembrou a importância dessa regulamentação. A partir de 2018, a programação fará parte do calendário oficial do Município.

11h50 – Meneguzzi recebeu os pais de Ana Clara, Sérgio e Márcia Adami e a fotógrafa Liliane Giordano na Sala da Presidência;

Foto Felipe Padilha

14h – Reunião com o diretor-geral e o chefe da Comunicação Social. Participou, também, o assessor técnico do setor de consolidação das Leis da Câmara, Mauro Cavagnolo.

15h45 – Recepção do deputado federal Mauro Pereira (PMDB), que fez visita de cortesia e cumprimentou Meneguzzi;

Depois das 16h30, Meneguzzi dedicou-se a atender a imprensa e solicitações do setor jurídico e direção do Câmara.

Dois projetos de Meneguzzi serão sancionados na terça-feira, 02 de janeiro

dezembro 29, 2017

Proposições visam a instituição da Semana da Fotografia e do Dia do Ato pela Cultura da Paz – Ana Clara Adami

Duas proposições do vereador Alberto Meneguzzi (PSB) serão sancionadas pelo prefeito Daniel Guerra (PRB) na próxima terça-feira, 02 de janeiro, às 11h20. No mesmo dia, o parlamentar toma posse como presidente da Câmara Municipal para 2018.

Aprovado na sessão de 30 de novembro, o Projeto de Lei 123/2017, que institui a Semana Municipal da Fotografia, será definitivamente regulamentado. A matéria estabelece que a programação seja realizada anualmente, na segunda quinzena do mês de agosto. Apesar de ter sido realizada a 10ª edição do evento em 2017, sem a Lei não havia qualquer garantia de que fosse viabilizada, sobretudo por questões políticas e administrativas. O objetivo da iniciativa é valorizar os profissionais do mercado fotográfico de Caxias do Sul.

Além de expandir as fronteiras da fotografia na cidade, a Semana da Fotografia faz uma reflexão do passado da arte, em Caxias do Sul, ao relembrar e homenagear importantes nomes de fotógrafos caxienses, como Domingos Mancuso, Walter Brugger, Joel Jordani, Mauro de Blanco e Ulysses Geremia. “Fotografia é história e comunicação ao mesmo tempo. Ao longo das edições, a programação foi crescendo e ganhou uma expressão importantíssima. São exposições, cursos, oficinas, workshops, dentre outras atividades, sendo que a maioria possui acesso gratuito à população”, justifica Alberto Meneguzzi.

Concebido em parceria com o vereador Gustavo Toigo (PDT), o Projeto de Lei 84/2017, consolida o dia 16 de julho de cada ano como o Dia Municipal do Ato pela Cultura da Paz – Ana Clara Adami. A data tem por objetivo homenagear a pequena Ana Clara, assassinada em 16 de julho de 2015, quando chegava para o encontro de catequese na Paróquia São Pio X. Além disso, a proposição pretende estabelecer um dia para que os caxienses se organizem, saiam às ruas e mostrem sua indignação com a violência, mas que aceitem trabalhar, nos seus ambientes de convívio, pela construção de uma cultura de paz. “Quantas crianças são expostas, em Caxias do Sul, diariamente a situações de violência moral, física, sexual e até institucional? Quantas vidas são colocadas em risco no município? Quando o investimento em segurança será suficiente? Talvez a resposta para essas perguntas seja, de fato, a construção de ações de práticas da paz”, justifica Meneguzzi.

Aprovado por unanimidade projeto de Meneguzzi que regulamenta a Semana da Fotografia

novembro 30, 2017

Matéria, que foi sugerida pelas lideranças do setor, visa firmar a realização anual do evento

O plenário da Câmara aprovou, por unanimidade, na sessão desta quinta-feira, 30 de novembro, o Projeto de Lei 123/2017. De autoria do vereador Alberto Meneguzzi (PSB), a matéria regulamenta a Semana Municipal da Fotografia, a ser realizada anualmente, na segunda quinzena de agosto. A demanda foi apresentada pelas lideranças do segmento, tendo em vista que em 2017 foi realizada a 10ª edição do evento, que não contava com qualquer aporte legal. O objetivo da iniciativa é valorizar os profissionais do mercado fotográfico de Caxias do Sul.

Ler mais

Proposta de Meneguzzi sobre Semana da Fotografia será votada nesta quinta

novembro 29, 2017

Matéria está ligada à cultura caxiense e busca firmar a realização anual do evento

O Projeto de Lei (PL) 123/2017, que institui a Semana Municipal da Fotografia, estará na pauta de discussões e votação do plenário da Câmara nesta quinta-feira (30/11). Idealizada pelo vereador Alberto Meneguzzi (PSB) e protocolada em agosto deste ano, a matéria recebeu parecer favorável das comissões de Constituição, Justiça e Legislação e de Educação, que abrange a área cultural.

Ler mais