Após decisão do Executivo, Meneguzzi dará sequência ao projeto de tornar a encenação da Via-Sacra dos Pavilhões patrimônio imaterial de Caxias

março 22, 2019

Prefeito e conselheiros do Conselho do Patrimônio Histórico pediram novos documentos para embasar a decisão

Iniciado em julho de 2017 junto ao Conselho Municipal do Patrimônio Histórico e Cultural (COMPAHC), o processo encaminhado pelo vereador Alberto Meneguzzi (PSB) para tornar a encenação da Via-Sacra dos Pavilhões da Festa da Uva um patrimônio cultural e imaterial do município de Caxias do Sul, terá um novo desdobramento. Após as reuniões do colegiado, houve a decisão pelo indeferimento, mas o Executivo caxiense pediu novas instruções e documentos para embasar a decisão.

A partir de agora, o gabinete do parlamentar irá trabalhar para reunir a documentação e material veiculado pela imprensa nas edições de 2018 e 2019, sendo que esta última será realizada em 19 de abril deste ano. De acordo com o parlamentar, a apresentação, que acontece na manhã de Sexta-Feira Santa, desde 2005, junto à escadaria do Monumento Jesus Terceiro Milênio, reúne mais de 60 jovens dos diversos grupos pastorais e movimentos da Igreja Católica.

Constam da documentação relatos inscritos no Livro de Tombo da Paróquia São José, onde a apresentação teve início, e clipagens da imprensa da cidade e do Estado, desde o ano de 2008. A iniciativa existe há mais de 15 anos e aconteceu, por alguns anos, nas quadras próximas à igreja do bairro. Depois, em 2005, passou a ser realizada junto ao Monumento Jesus Terceiro Milênio, organizada pelos jovens das paróquias Santa Catarina, São José e Santa Fé.

Em 2014, com a intenção de abranger a juventude de toda a cidade, a coordenação da encenação passou a ser realizada pelo Setor Diocesano da Juventude. “Há alguns anos, a apresentação esteve presente no calendário cultural do município. Nós entendemos que ela precisa entrar para a história de Caxias. A apresentação dos Pavilhões chega a reunir mais de 1.500 pessoas e é conhecida pelo Estado afora. Além de ser artístico, por mostrar os últimos passos de Jesus, antes de sua morte, esse evento congrega e valoriza os jovens”, ressalta Meneguzzi.

Acionado por Meneguzzi, Procon determina ressarcimento de valores de ingressos de shows da Festa da Uva

março 10, 2019

Depois de receber dezenas de reclamações, vereador contatou coordenador do órgão na manhã do sábado, 09 de março

Uma ação do Procon Caxias do Sul foi comemorada pelo vereador Alberto Meneguzzi (PSB), na tarde deste domingo, 10 de março. Por iniciativa do parlamentar, que fez contato com o coordenador do órgão de defesa dos direitos do consumidor, Luiz Fernando Del Rio Horn, na manhã do sábado, 09, foi determinado o ressarcimento integral dos valores de ingressos adquiridos para as apresentações da cantora Anitta e da dupla Zé Neto & Cristiano na última sexta-feira, durante a Festa da Uva 2019.

Meneguzzi parlamentar recebeu, entre a noite de sexta-feira e a manhã de hoje, dezenas de reclamações sobre a falta de acesso aos espetáculos. No contato telefônico, o vereador pediu que Horn vistoriasse o local, uma vez que além das milhares de pessoas que compraram ingressos e não entraram na Casa Dela Música, um dos camarotes teria cedido devido ao sobrepeso.

De acordo com o Horn, a Festa da Uva explica que o bloqueio dos acessos se deu tendo em vista a capacidade de público descrita pelo Plano de Prevenção e Proteção Contra Incêndio (PPCI). Foi confirmado o problema com a estrutura do camarote.  Além do valor dos ingressos comprados para as áreas vip, camarotes e on stage (todos específicos para acesso aos shows), o órgão também determinou que a Festa faça o ressarcimento das despesas de deslocamento com transporte de quem adquiriu o ingresso exclusivo e ficou de fora. O pedido deve ser feito pelo site www.festadauva.com.br.

Para Meneguzzi, houve claro desrespeito ao consumidor, uma vez que foram comercializados ingressos, inclusive para áreas de camarote, em número excessivo. “Vou continuar denunciado e exigindo que o Procon se movimente quando o consumidor se sentir lesado. Foi o caso do show de sexta-feira à noite, onde milhares de pessoas que pagaram ingressos não tiveram acesso ao Parque da Festa da Uva. Há quem diga que o Procon não faz nada, que não adianta denunciar. Mas eu denuncio e cobro atitudes”, salienta.

Meneguzzi pede ao Procon que trabalhe para que pessoas lesadas em shows da Festa da Uva sejam ressarcidas

março 9, 2019

Parlamentar recebeu dezenas de reclamações sobre a falta de acesso aos espetáculos da sexta-feira

O vereador Alberto Meneguzzi (PSB) contatou o coordenador do Procon Caxias do Sul, Luiz Fernando Del Rio Horn, na manhã deste sábado, 09 de março, para pedir providências do órgão de defesa do consumidor em relação aos shows da Festa da Uva 2019. O parlamentar recebeu, entre a noite de sexta-feira e a manhã de hoje, dezenas de reclamações sobre a falta de acesso aos espetáculos da cantora Anitta e da dupla Zé Neto & Cristiano.

Meneguzzi salientou a importância de que o Procon se antecipe a esses problemas, que também podem acontecer nos shows da reta final da Festa da Uva. Mais de 50 mil pessoas assistiram às apresentações e outras milhares adquiriram ingressos pela internet e não puderam acessar a Casa Dela Música, local onde acontecem os espetáculos.

Para Meneguzzi, houve claro desrespeito ao consumidor, uma vez que foram comercializados ingressos, inclusive para áreas de camarote, em número excessivo. “Pedi que o Procon investigue, fiscalize e também atue em prol da devolução dos valores das entradas às pessoas que se sentiram lesadas”, explica.

Meneguzzi espera que Festa da Uva valorize vinhos e sucos de Caxias do Sul

janeiro 23, 2019

Parlamentar encaminhou ofício à presidente da Comissão Comunitária sugerindo o cumprimento da lei 8.213/2017

O vereador Alberto Meneguzzi (PSB), encaminhou, na manhã desta quarta-feira, 23 de janeiro, ofício à presidente da Comissão Comunitária da Festa da Uva, Sandra Randon, no qual pede que a edição de 2019 do evento dê cumprimento à lei 8.123/2017, de sua autoria. A norma foi criada para valorizar os vinhos, sucos e derivados da uva produzidos em Caxias do Sul, nas ações oficiais do Executivo, Legislativo, administração indireta e empresa controlada pela prefeitura.

No caso da Festa, o pedido do parlamentar é a priorização dos produtos caxienses nos coquetéis, jantares e atividades promovidas pela Comissão Comunitária. Meneguzzi explica que, apesar de autorizativa, essa medida tem como função conscientizar os gestores públicos da importância de valorizar produtos de origem local, durante seus eventos oficiais. Segundo o vereador, atualmente Caxias do Sul tem mais de 4 mil hectares de parreirais plantados e 1,7 mil famílias tiram daí o seu sustento, produzindo em média, 70.000 toneladas da fruta, anualmente.

De acordo com Meneguzzi, o ofício é uma forma de tornar oficial um desejo dos produtores locais. Ao todo, Caxias do Sul conta com 105 cantinas, sendo que 40 delas possuem engarrafamento das bebidas. “A lei foi criada, aprovada e promulgada. Deve ser cumprida, pois se não valorizarmos o que produzimos aqui, e temos vinhos e sucos bons, quem irá valorizar? Isso, certamente será um incentivo para que os jovens continuem residindo no interior, com vistas à sucessão rural”, ressalta.

Ao final do ofício, Meneguzzi recorda que todo o vinho e suco de uva aqui produzidos, geram impostos que se transformam em investimentos que beneficiam a população caxiense.

Meneguzzi ressalta importância das Olimpíadas Coloniais para a Festa da Uva

setembro 14, 2018

Parlamentar participou, na tarde desta sexta, de reunião do conselho consultivo

O presidente da Câmara Municipal de Caxias do Sul, Alberto Meneguzzi (PSB), participou no final da tarde desta sexta-feira, 14 de setembro, da reunião do conselho consultivo da Festa da Uva. O Legislativo é uma das entidades que faz parte do grupo, juntamente com a prefeitura, a Universidade de Caxias do Sul (UCS), a Câmara de Indústria, Comércio e Serviços (CIC) e os sindicatos patronal e dos trabalhadores rurais.

Na oportunidade, a presidente da Comissão Comunitária, Sandra Randon, e o diretor executivo, Luciano Ribeiro, apresentaram ao conselho os conceitos que serão trabalhados durante a Festa Nacional da Uva 2019, entre os dias 22 de fevereiro e 10 de março. Foram explanadas as ações já realizadas pelo grupo, bem como a distribuição dos serviços, apresentações culturais e artísticas, além do comércio nas dependências do Parque de Exposições Mário Bernardino Ramos.

Foi submetida à apreciação do conselho a utilização da nomenclatura das Olimpíadas Coloniais, uma vez que havia a sugestão de troca do nome. O grupo foi unânime em manter a identificação. Ao se pronunciar, Meneguzzi defendeu a realização e o fortalecimento das competições entre os distritos e destacou a histórica cobertura da imprensa regional e nacional aos jogos.

O presidente do Legislativo avaliou como positivo o encontro, uma vez que permitiu aos conselheiros, entenderem melhor os objetivos da administração da Festa da Uva, bem como dos trabalhos já desenvolvidos. “Esse foi nosso primeiro encontro. Desde janeiro, nos encontramos apenas hoje. Foi importante para ouvirmos e compreendermos como tudo está sendo planejado. A Câmara está sempre à disposição seja da comissão comunitária, da Festa da Uva S.A. e do Executivo”, salienta Meneguzzi.

Meneguzzi recebe presidente do Sindicato Empresarial de Gastronomia e Hotelaria

junho 4, 2018

Encontro institucional também tratou sobre agenda propositiva para a gestão da empresa Festa da Uva

O chefe do Legislativo caxiense, vereador Alberto Meneguzzi (PSB), recebeu, na tarde desta segunda-feira, 04 de junho, o presidente do Sindicato Empresarial de Gastronomia e Hotelaria da Região Uva e Vinho, Vicente Perini. Durante o encontro institucional, trataram sobre a importância da abertura de diálogo entre o poder público e os diversos setores da sociedade caxiense, tendo em vista o desenvolvimento econômico da cidade e da região.

Na oportunidade, Perini citou como exemplo a província de Mendoza, na Argentina. Relatou, que em visita ao país vizinho, percebeu a existência de uma estrutura conjunta, das autoridades e dos empresários, que permite o melhor atendimento, seja nos hotéis, no comércio e restaurantes. Ponderou, no entanto, que Caxias do Sul precisa de investimentos na área do turismo, com a implementação de políticas do setor. “Ou a gente encampa as lutas e pautas juntos, ou nada segue”, resumiu.

A reunião também tratou de agenda propositiva para a gestão da empresa Festa Nacional da Uva Turismo e Empreendimentos S/A. Para o dirigente sindical, o complexo da Festa da Uva precisa de uma gestão que o torne viável, uma vez que, por ser empresa de economia mista, as licitações tornam a manutenção mais demorada e onerosa.

De acordo com Meneguzzi, o encontro tratou de ouvir o principal dirigente sindical de um dos setores mais notáveis da economia caxiense. Ambos puderam conversar sobre a importância do Legislativo caxiense para o fortalecimento da democracia e da participação cidadã. “Agendamos essa reunião com o objetivo de fortalecer o diálogo, porque a Câmara deve estar aberta aos diversos setores da comunidade. E com muita humildade, pedi que o presidente Perini sugerisse pautas e demandas, além de avaliar o andamento da Casa”, completa.

Entre outros encontros, Meneguzzi tem estabelecido diálogo com diversas entidades, como a Câmara de Indústria, Comércio e Serviços (CIC), os sindicatos Rural e dos Trabalhadores, Agricultores Familiares (STR), além das forças políticas e entidades sociais de Caxias do Sul. Ao final do encontro, ele presenteou Perini com o livro “Democracia, memória e cidadania: 125 anos do Poder Legislativo em Caxias do Sul”.

Meneguzzi se reúne com diretor de economia e finanças da CIC, Astor Schmitt

maio 29, 2018

Diálogo objetivou agenda propositiva acerca da gestão da empresa Festa Nacional da Uva S/A

O presidente do Legislativo caxiense, vereador Alberto Meneguzzi (PSB) esteve reunido, na manhã desta terça-feira, 29 de maio, com o diretor de economia, finanças e estatísticas da Câmara de Indústria, Comércio e Serviços de Caxias do Sul (CIC), Astor Schmitt. O encontro, solicitado pelo parlamentar, teve como objetivo a discussão de agenda propositiva acerca da gestão da Festa Nacional da Uva Turismo e Empreendimentos S/A.

Para o gestor, o Parque da Festa da Uva precisa de uma gestão que atue com força na promoção e manutenção do espaço. “O complexo da Festa da Uva é o melhor espaço para a exploração do turismo em Caxias”, declarou Schmitt, que é membro suplente do Conselho de Administração da empresa que gerencia os Pavilhões.

Além disso, trataram sobre a necessidade da união dos diversos segmentos da sociedade caxiense para o restabelecimento do desenvolvimento de Caxias do Sul. Conforme Schmitt, que dentre outras funções, já oi presidente do Sindicato Interestadual da Indústria de Materiais e Equipamentos Ferroviários e Rodoviários (Simefre) e da entidade patronal das Indústrias Metalúrgicas, Mecânicas e de Material Elétrico de Caxias do Sul (Simecs), o desenvolvimento caxiense passa pela duplicação da ERS-122, da Rota do Sol no acesso à BR-101 e ainda pelo fortalecimento do Aeroporto Regional Hugo Cantergiani.

De acordo com Meneguzzi, o encontro cumpriu o seu objetivo: ouvir o que um dos gestores mais conhecidos do Brasil, que já foi eleito o melhor diretor financeiro da América Latina, pensa sobre o desenvolvimento local “Foi uma aula. Ele citou diversos exemplos de cidade que se espelharam na Caxias dos anos 1980 e 1990 e hoje tem um PIB duas ou três vezes maior que o nosso. E a intenção do Legislativo é essa: ser agregador, chamar para o debate e mediar pautas propositivas”, comenta o presidente da Casa.

Meneguzzi conduz homenagem aos 143 anos da Imigração Italiana

maio 23, 2018

A comemoração contou com a presença das soberanas da Festa da Uva 2019

A Câmara Municipal de Caxias do Sul lembrou os 143 anos da Imigração Italiana, na sessão ordinária desta quarta-feira, 23 de maio. A homenagem, conduzida pelo presidente da Casa, vereador Alberto Meneguzzi (PSB), contou com a presença da presidente da Festa da Uva 2019, Sandra Randon, e das novas soberanas: a rainha Maiara Perottoni e as princesas Milena Remus Caregnato e Viviane Piamolini Gaelzer.

Em nome da Casa e em dialeto italiano, se manifestou o vereador Velocino Uez (PDT), que, na largada do discurso, saudou: Buongiorno a tutti!  Na opinião do pedetista, é preciso recordar as raízes, perpetuando-as a outras gerações. “De nada vale ter um passado, se não podermos deixar nada ali à frente”, considerou.

As soberanas da Festa da Uva 2019, escolhidas no último sábado, 19 de maio, valorizaram a cultura e o estímulo ao trabalho, repassados pelos italianos como herança para as novas gerações e outras etnias. “Hoje, temos a Caxias do Sul da diversidade, mas não podemos esquecer dos primeiros que fizeram história, com espírito empreendedor e acolhedor”, frisou Maiara. Milena acrescentou a força da representação da Festa da Uva e Viviane, o símbolo da videira trazida pelos imigrantes “que se ramificou e possibilitou estarmos todos juntos, aqui, hoje”.

Para deixar a solenidade ainda mais no clima da tradição, o grupo de dança folclórica Fare Amici se apresentou ao som de música italiana – minutos antes, os integrantes foram recebidos por Meneguzzi, na sala da presidência. Em seguida, o padre Renato Ariotti deu uma bênção à plateia e a um cesto de pãezinhos, que foram distribuídos pela rainha e princesas aos participantes. Também esteve na Câmara para prestigiar a homenagem o bispo emérito de Caxias do Sul, Dom Paulo Moretto.

De acordo com Meneguzzi, festejar a Imigração Italiana é, antes de tudo, recordar que os alicerces para a pujança de Caxias do Sul foi construída pelos imigrantes e pelos nativos que residiam no Campo dos Bugres. “Foi uma festa tão bonita onde recordamos que sim, que nossos antepassados italianos e também de tantas etnias e lugares, foram a base do progresso da nossa cidade. Abençoamos o pão, que é um sinal tão bonito da construção coletiva, o que faz Caxias ser o que é”, comenta.

A comemoração desta quarta-feira é alusiva à Semana da Etnia Italiana, instituída em Caxias do Sul no ano de 2003, a partir da iniciativa dos ex-vereadores Jeronimo Dani e Walmor Vanazzi. Conforme a lei 5.988/2003, a comemoração tem que ser todo ano, com início sempre no dia 20 de maio.

Posteriormente, a partir de proposição do vereador Gustavo Toigo/PDT, a lei 6.382/2005 fixou a mesma data como a da Imigração e Colonização Italiana e previu sessão comemorativa. Toigo ainda propôs a última alteração, recentemente aprovada, que possibilita a comemoração em formato de homenagem.

Meneguzzi recebe trio de soberanas da Festa da Uva 2019

maio 21, 2018

Além dele e de outros vereadores, rainha e princesas receberam carinho dos idosos do projeto Saber Viver

O Legislativo caxiense recebeu, na tarde desta segunda-feira, 21 de maio, o trio de soberanas da Festa Nacional da Uva 2019. Na ocasião, a rainha Maiara Perottoni e as princesas Milena Caregnato e Viviane Gaelzer foram recebidas pelo presidente da Câmara, Alberto Meneguzzi (PSB), pelo 1º vice-presidente, Ricardo Daneluz (PDT) e pelos vereadores Paula Ioris (PSDB), Paulo Périco (PMDB), Renato Oliveira (PCdoB) e Velocino Uez (PDT). O encontro ainda teve a presença e animação do padre Renato Ariotti e do cantor Ladir Brandalise.

Na oportunidade, Meneguzzi agradeceu às soberanas pelo tempo colocado à disposição e pelo trabalho realizados desde o pré-concurso junto às entidades da cidade e também no interior de Caxias do Sul. “Nós só podemos dizer muito obrigado. Que vocês tenham um bom trabalho na divulgação da nossa Festa da Uva e contem com a Câmara”, completou.

A manifestação do presidente do Legislativo, em sinal de agradecimento e congratulação também foi seguida pelos parlamentares presentes. Acompanhadas pela presidente da Comissão Comunitária, Sandra Randon, as soberanas agradeceram todo o espaço dado ao grupo de embaixatrizes desde o início do pré-concurso, tanto no Parlamento, quanto na programação da TV Câmara. “Venham viver essa bela giornada com a gente. Obrigado pelo carinho e obrigado por esse ‘filò’ de muita música e festa”, completou a rainha Maiara Perottoni.

Exaltando a importância da religiosidade, o padre Renato Ariotti pediu a todos que rezassem a oração do Pai-Nosso de mãos dadas, em torno da mesa da sala de reuniões da presidência. Ele também enalteceu a força da família do trio. “A religiosidade sempre marcou a Festa da Uva e nada mais justo do que pedir a bênção de Deus para esse trabalho de vocês. Pelo que vi na imprensa, vocês valorizam muito a família, portanto, que vocês seja esse instrumento agregador e de união”, finalizou.

Ao final do encontro, Meneguzzi presenteou o grupo com o livro “Democracia, memória e cidadania: 125 anos do Poder Legislativo em Caxias do Sul”. Antes de se encontrarem com os vereadores, Maiara, Milena e Viviane receberam o carinho de um grupo de idosos que participam do projeto Saber Viver, da Catedral Diocesana, e que estavam na Casa para conferir mais uma edição do Cine Plenário.

As soberanas voltam à Câmara na próxima quarta-feira, 23 de maio, para participarem da homenagem aos 143 anos da Imigração Italiana, durante a sessão ordinária que tem início às 8h30. A comemoração é alusiva à Semana da Etnia Italiana, instituída em Caxias do Sul no ano de 2003, a partir da iniciativa dos ex-vereadores Jeronimo Dani e Walmor Vanazzi.

Conforme a lei 5.988/2003, a comemoração tem que ser todo ano, com início sempre no dia 20 de maio. Posteriormente, a partir de proposição do vereador Gustavo Toigo (PDT), a lei 6.382/2005 fixou a mesma data como a da Imigração e Colonização Italiana e previu sessão comemorativa. Toigo ainda propôs a última alteração, recentemente aprovada, que possibilita a comemoração em formato de homenagem.

Presidente da Câmara recebe convite para escolha das soberanas da Festa da Uva

maio 10, 2018

Alberto Meneguzzi esteve reunido com a presidente da Comissão Comunitária, Sandra Randon

O presidente do Legislativo caxiense, vereador Alberto Meneguzzi (PSB), recebeu, na tarde desta quinta-feira, 10 de maio, o convite para participar da solenidade de escolha da rainha e princesas da Festa da Uva 2019. A foi feita pela presidente da Comissão Comunitária, Sandra Mioranza Randon, e pelo diretor-executivo, Luciano Pereira. O evento acontece no sábado, 19 de maio, a partir das 20h, nos Pavilhões da Festa da Uva.

Meneguzzi foi convidado por ser o representante da Câmara Municipal que, por sua vez, faz parte do Conselho Deliberativo da Festa da Uva. De acordo com ele, o convite foi recebido com alegria, uma vez que Caxias do Sul está há pouco mais de nove meses do início do evento e a cidade precisa voltar a “respirar” a Festa da Uva. “Nós precisamos nos sentir orgulhosos de sermos caxienses e prepararmos a Festa da Uva 2019 como cidade, porque com ela vem o desenvolvimento de todos os setores da nossa economia”, resumiu.

A TV Câmara Caxias tem desenvolvido uma programação especial com as embaixatrizes. Todas as candidatas gravaram programetes, que estão sendo veiculados durante a programação diária do Canal 16 da Net. Além disso, o canal do Legislativo fará a cobertura do evento de escolha das soberanas.