Meneguzzi sugere que CIC convide presidente do Legislativo anualmente para palestrar em reunião-almoço

março 26, 2019

Parlamentar entende que é necessário explanar a função da Câmara e os projetos que tramitam na Casa

O vereador Alberto Meneguzzi (PSB) encaminhou ofício eletrônico, na tarde da segunda-feira, 25 de março, à presidência da Câmara de Indústria, Comércio e Serviços de Caxias do Sul (CIC), no qual sugere que a entidade convide, anualmente, o presidente do Legislativo para palestrar durante reunião-almoço. Na visão do parlamentar, é mais do que necessário que os chefes dos poderes instituídos possam ter voz junto às entidades de classe. Para ele, faz-se importante esclarecer a função da Câmara Municipal e mesmo os projetos que tramitam na Casa, como a revisão do Plano Diretor, por exemplo.

No documento, Meneguzzi diz que o espaço poderia ser utilizado pelo presidente da Câmara ou algum vereador por ele indicado. Assim, o Legislativo ganharia espaço para esclarecer e elucidar dúvidas sobre as temáticas do desenvolvimento social e econômico de Caxias do Sul. “Encaminhei essa sugestão para que, se for compreendida como importante, seja colocada em prática. Os empresários e dirigentes dos sindicatos são formadores de opinião, e essa abertura será, certamente, uma forma de ajudar a sociedade a entender mais e melhor sobre a democracia”, completa.

Meneguzzi lamenta grande número de abstenções no primeiro turno das eleições

outubro 8, 2018

Em reunião na CIC, presidente do Legislativo também abordou a importância da função social das organizações

O presidente do Legislativo caxiense, Alberto Meneguzzi (PSB), lamentou, durante reunião-almoço da Câmara de Indústria, Comércio e Serviços (CIC) de Caxias do Sul, nesta segunda-feira, 08 de outubro, o grande número de abstenções no primeiro turno das eleições. Segundo ele, de acordo com dados do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), o número de brasileiros que não compareceram, votaram em branco ou anularam sua escolha para a Presidência da República superou os 40 milhões.

Na oportunidade, Meneguzzi também congratulou o vereador caxiense Neri, O Carteiro (SD), eleito deputado estadual no pleito, com pouco menos de 28 mil votos. Para o ele, a representatividade de Caxias do Sul na Câmara dos Deputados e na Assembleia Legislativa ficaram prejudicadas ao passo que os postulantes mais votados na cidade têm suas bases fora do município. “Somente aqui em Caxias, onde temos quase 323 mil eleitores, esse total passa da metade. Aproximadamente 51%, ou seja, mais de 164 mil pessoas não escolheram seus representantes nos Legislativos estadual e federal”, salientou.

Além disso, o presidente da Câmara parabenizou a Fundação Marcopolo pela passagem de seus 30 anos e reforçou a importância do trabalho realizado pela entidade. Meneguzzi enalteceu o Projeto Escolas que, neste ano, já investiu mais de R$ 180 mil em reformas e atividades na Escola Municipal de Ensino Fundamental Rosário de São Francisco, no loteamento Charqueadas.

Logo após a palestra da gestora de comunicação e projetos sociais da Fundação Maurício Sirotsky Sobrinho, Amaralina Xavier, o parlamentar abordou a força das organizações na realização de ações permanentes de educação e inclusão de crianças, adolescentes e jovens. “Nem é preciso discutir que, muitas vezes, a iniciativa privada faz o que seria obrigação do poder público, mas nós precisamos, dentro de nossas limitações, trabalhar juntos”, finalizou.

Meneguzzi aponta necessidade de aproximação entre o poder público e a indústria

outubro 1, 2018

Relação entre o empresariado automobilístico e a classe política foi um dos temas do encontro

O presidente do Legislativo, vereador Alberto Meneguzzi (PSB), participou nesta segunda-feira, 1º de outubro, da reunião-almoço da Câmara de Indústria, Comércio e Serviços de Caxias do Sul (CIC). O futuro da indústria de autopeças foi o tema do encontro que contou com palestra do coordenador da área de engenharia de materiais da General Motors, Amauri Gentil.

Durante o evento, o palestrante falou sobre uma série de tendências da indústria automobilística e destacou o uso de carros elétricos, considerados ainda, uma novidade no Brasil. Conforme ele, as montadoras do país possuem tecnologia suficiente para a produção desses veículos. Por outro lado, o engenheiro acredita que faltam infraestruturas capazes de atender às demandas do setor. Entre elas estão os serviços viários, técnicos e de manutenção.

Além disso, apontou necessidades que ainda precisam ser pensadas para que os automóveis elétricos se tornem uma realidade presente. A padronização de plug-ins, baterias mais eficientes e a percepção do carro por meio do pedestre, são algumas das análises, feitas pelo palestrante, que facilitariam o acesso do consumidor a essa produto.

Meneguzzi questionou então sobre as possibilidades de relação que aproximem o empresário da classe política. Gentil respondeu que são necessárias políticas de governo que desenvolvam ações na área e incentivem o crescimento do setor.

Na oportunidade, explicou que a Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea) é a entidade responsável por levar os apontamentos do ramo ao governo federal. Também sugeriu que o Rio Grande do Sul demostre sua capacidade tecnológica por meio de parcerias, participação em feiras e congressos internacionais. Por fim, presidente da Câmara e palestrante lembraram juntos sobre a importância das eleições e do voto consciente para essa e outras áreas da economia.

Meneguzzi reitera necessidade de reforma política para o combate à corrupção

setembro 24, 2018

Presidente do Legislativo falou também sobre doações para campanha em reunião-almoço na CIC

O presidente do Legislativo caxiense, vereador Alberto Meneguzzi (PSB), reiterou, durante a reunião-almoço da Câmara de Indústria, Comércio e Serviços (CIC) desta segunda-feira, 24 de setembro, a necessidade de uma reforma política para o combate à corrupção. A fala do parlamentar foi endossada pelo palestrante, o ex-diretor-geral da Polícia Federal, Leandro Daiello Coimbra.

Durante sua fala, Meneguzzi citou que algumas das mudanças colocadas em vigor nas eleições municipais de 2016 e as deste ano, abrem outras brechas para que a corrupção política ganhe novos adeptos. Entre essas medidas está a proibição das doações de pessoas jurídicas para o financiamento de campanha. “As empresas não podem repassar, mas a imprensa revela que muitas dessas doações são feitas pelos empresários. Isso é uma porta aberta para a corrupção”, salientou.

A temática da reunião-almoço desta semana tratou sobre “o momento brasileiro em combate à corrupção”. Na oportunidade, Daiello, que atuou por sete anos como diretor-geral da PF, falou sobre as operações policiais e o estouro dos escândalos com os políticos. Segundo ele, as investigações se concentraram sobre os doleiros e grande parte da corrupção, no Brasil, começa na família. “Existem corruptos em todo o mundo, mas aqui, quando a entrada é gratuita até os cinco anos e a criança tem seis, o pai muitas vezes manda dizer que tem cinco”, exemplificou.

Da tribuna da CIC, Daiello lamentou que o povo brasileiro se orgulhe das operações da PF. De acordo com o ex-diretor-geral do órgão, a consciência deveria ser a de extinguir a corrupção e não comemorar a cada nova prisão. Por fim, disse que a população não deve condenar os poderes políticos, mas deve ser consciente ao eleger quem pode mudar a história do Brasil. “Desde os anos 1990, a legislação tem mudado e facilitado as investigações. Então, que a gente reconheça a nossa importância e a importância do poder político”, concluiu.

Meneguzzi ressalta importância do Plano Diretor, em reunião na CIC

setembro 3, 2018

Presidente da Câmara comentou que o projeto de revisão está na prefeitura para a eventuais correções

O presidente da Câmara Municipal de Caxias do Sul, Alberto Meneguzzi (PSB), considerou relevante a revisão do Plano Diretor para a retomada das políticas de desenvolvimento, em reunião com a diretoria da Câmara de Indústria, Comércio e Serviços (CIC), na manhã desta segunda-feira, 03 de setembro. O parlamentar participou de encontro com representantes sindicais antes da reunião-almoço, que teve como palestrante o diretor do grupo Médicos do Sorriso, Davi de Souza.

Durante o encontro, na Sala da Presidência da CIC, Meneguzzi destacou que o Plano Diretor de Desenvolvimento Integrado (PDDI) já foi amplamente discutido pelo Legislativo com a comunidade. Além disso, lembrou que o processo foi enviado de volta ao Executivo no mês de julho, para eventuais adequações, e a Câmara ainda aguarda o retorno da proposta à Casa. “A discussão do ano é o Plano Diretor, porque pensa o desenvolvimento da cidade para os próximos 10 anos. Além disso, agora, temos as diretrizes orçamentárias de 2019”, explicou.

Na ocasião, o palestrante criticou a dificuldade de acesso às políticas públicas culturais, bem como a falta de incentivo ao consumo dos produtos artísticos locais. Souza, que é diretor e produtor, dinamizou o tema “Veja o mundo com outros olhos”, durante a reunião-almoço, realizada no restaurante Sica.

Meneguzzi acompanha assinatura de protocolo do MobiCaxias

agosto 23, 2018

Câmara Municipal é parceira institucional da Mobilização por Caxias

A Câmara Municipal de Caxias do Sul é parceira da Mobilização por Caxias (MobiCaxias). O grupo, formado pela união da Universidade de Caxias do Sul (UCS), Câmara de Indústria, Comércio e Serviços (CIC), sindicatos patronais e poder público, realizou assinatura do protocolo de intenções, na manhã desta quinta-feira (23/08). O presidente do Legislativo, Alberto Meneguzzi (PSB) participou, juntamente com outros parlamentares.

O MobiCaxias tem o objetivo de unir ideias e forças, para mobilizar a comunidade e pessoas já comprometidas com o desenvolvimento. Além disso, busca repensar o crescimento econômico e social de Caxias do Sul. O grupo de trabalho foi lançado em setembro de 2017 e conta com o apoio institucional do Legislativo, por meio da Comissão de Desenvolvimento Econômico, Fiscalização e Controle Orçamentário (CDEFCO).

Na oportunidade, Meneguzzi se manifestou em nome da Câmara Municipal. O parlamentar ressaltou que o Legislativo está aberto ao debate e à construção coletiva na construção do futuro de Caxias do Sul. Ao recordar o trabalho conjunto realizado junto ao Parlamento Regional, o convidou os presentes para o debate que será realizado em 30 de agosto. A iniciativa acontecerá em parceria com CIC Serra, em Farroupilha. “Nossa cidade precisa discutir o turismo, o crescimento, as novas matrizes econômicas. Também precisamos conhecer as propostas de quem se propõem a governar o Rio Grande do Sul. Contem conosco”, resumiu.

A partir da assinatura do protocolo de intenções, o MobiCaxias irá formar diversas frentes de trabalho. Elas terão o objetivo de dinamizar projetos e buscar recursos junto ao poder público e à iniciativa privada.

Meneguzzi se reúne com diretor de economia e finanças da CIC, Astor Schmitt

maio 29, 2018

Diálogo objetivou agenda propositiva acerca da gestão da empresa Festa Nacional da Uva S/A

O presidente do Legislativo caxiense, vereador Alberto Meneguzzi (PSB) esteve reunido, na manhã desta terça-feira, 29 de maio, com o diretor de economia, finanças e estatísticas da Câmara de Indústria, Comércio e Serviços de Caxias do Sul (CIC), Astor Schmitt. O encontro, solicitado pelo parlamentar, teve como objetivo a discussão de agenda propositiva acerca da gestão da Festa Nacional da Uva Turismo e Empreendimentos S/A.

Para o gestor, o Parque da Festa da Uva precisa de uma gestão que atue com força na promoção e manutenção do espaço. “O complexo da Festa da Uva é o melhor espaço para a exploração do turismo em Caxias”, declarou Schmitt, que é membro suplente do Conselho de Administração da empresa que gerencia os Pavilhões.

Além disso, trataram sobre a necessidade da união dos diversos segmentos da sociedade caxiense para o restabelecimento do desenvolvimento de Caxias do Sul. Conforme Schmitt, que dentre outras funções, já oi presidente do Sindicato Interestadual da Indústria de Materiais e Equipamentos Ferroviários e Rodoviários (Simefre) e da entidade patronal das Indústrias Metalúrgicas, Mecânicas e de Material Elétrico de Caxias do Sul (Simecs), o desenvolvimento caxiense passa pela duplicação da ERS-122, da Rota do Sol no acesso à BR-101 e ainda pelo fortalecimento do Aeroporto Regional Hugo Cantergiani.

De acordo com Meneguzzi, o encontro cumpriu o seu objetivo: ouvir o que um dos gestores mais conhecidos do Brasil, que já foi eleito o melhor diretor financeiro da América Latina, pensa sobre o desenvolvimento local “Foi uma aula. Ele citou diversos exemplos de cidade que se espelharam na Caxias dos anos 1980 e 1990 e hoje tem um PIB duas ou três vezes maior que o nosso. E a intenção do Legislativo é essa: ser agregador, chamar para o debate e mediar pautas propositivas”, comenta o presidente da Casa.

Meneguzzi comemora a possibilidade de Caxias do Sul a integrar a Rota das Cervejarias Artesanais do RS

maio 10, 2018

Documento foi assinado em reunião com o vereador e o deputado Elton Weber, na manhã desta quinta-feira

A cidade de Caxias do Sul manifestou interesse em aderir à Rota das Cervejarias Artesanais do Rio Grande do Sul. A posição foi confirmada mediante assinatura de documento na manhã desta quinta-feira, 10 de maio, na Câmara de Indústria, Comércio e Serviços de Caxias do Sul (CIC). O encontro foi articulado pelo vereador Alberto Meneguzzi (PSB) e teve a presença do proponente inicial da matéria, o deputado estadual Elton Weber (PSB), da representante do Executivo, a secretária de Turismo, Renata Carraro e do presidente da Associação dos Produtores de Cerveja da Serra Gaúcha (Aprocerva/Serra), Maurício Ferreira.

Esse foi o terceiro encontro promovido pelo parlamentar, com a intenção de favorecer o mercado cervejeiro artesanal, neste ano de 2018. No final de janeiro, Meneguzzi se reuniu com lideranças do setor e produtores da bebida, além de representantes da Secretaria Estadual do Desenvolvimento Rural e do Sindicato dos Trabalhadores Agricultores Familiares de Caxias do Sul (STR). Em 19 de fevereiro, liderou comitiva num encontro com o prefeito Daniel Guerra (PRB), tendo em vista que a manifestação oficial de intenção para aderir ao projeto deve partir do Executivo.

O prefeito Guerra enviou documento assinado, endereçado ao governador do Estado, José Ivo Sartori (PMDB), onde solicitava a inclusão de Caxias do Sul no roteiro. O documento também recebeu a assinatura de Meneguzzi e do presidente da entidade de classe, Ivanir Gasparin. O deputado Elton Weber será o interlocutor entre o governo do RS, a Assembleia Legislativa e as entidades caxienses.

Caxias do Sul conta, atualmente, com 14 cervejarias artesanais e um mercado em plena expansão. Além disso, são mais de 100 produtores caseiros de cerveja, os conhecidos “paneleiros” e que são representados pela Cervaserra, a qual é presidida por Pedro Hoffmann, que também esteve presente na reunião.

Atualmente, 22 cidades gaúchas integram o roteiro, que tem viés turístico e visa facilitar o acesso dos cervejeiros às políticas de desenvolvimento do setor. “A manifestação de interesse de Caxias do Sul é um passo muito importante para o desenvolvimento do setor, do turismo e da economia local. Agora, vamos criar e dar todas as condições para que isso aconteça”, comemora Meneguzzi.

Na próxima terça-feira, 15 de maio, a Aprocerva/Serra terá espaço de cinco minutos, em acordo de líderes das bancadas, na Sessão Ordinária do Legislativo. A Câmara estuda ainda a realização do programa Visitas Legislativas no roteiro das 14 cervejarias caxienses.

3183_001

Diário da Presidência 19/03/2018

março 19, 2018

Gabinete da Presidência

Vereador Alberto Meneguzzi

19 de março de 2018

Reunião Almoço CIC – 19 de março de 2018 – Foto Driko Chaves

08h – Meneguzzi se reuniu com a equipe de assessoria da presidência e do seu gabinete para tratar da programação da semana e de outras ações que estão sendo implementadas no âmbito do Legislativo, como a conversação da Casa e os editais de licitação, que a partir da próxima sexta-feira, 23 de março, passam a ser transmitidos ao vivo pela TV Câmara canal 16 da Net e pelas redes sociais;

 

11h – Participação na reunião-almoço da Câmara de Indústria, Comércio e Serviços (CIC), cujo palestrante foi o prefeito Daniel Guerra;

Entrega do Prêmio Caxias do Sul ao Hospital Geral – Foto Felipe Padilha

14h – Meneguzzi conduziu a entrega do Prêmio Caxias do Sul pela passagem dos 20 anos de fundação do Hospital Geral. A solenidade reuniu gestores do HG, colaboradores e demais autoridades, no auditório da instituição. No final do encontro, o presidente do Legislativo reiterou o orgulho que Caxias do Sul tem do Hospital Geral. “Se a Câmara saiu de lá e veio aqui, é porque o mínimo que podemos fazer é dizer obrigado”, sublinhou. A transmissão da solenidade por meio do Facebook atingiu mais de 1.000 pessoas.

Meneguzzi assina ofício de demandas sobre o Aeroporto de Vila Oliva

março 12, 2018

O documento foi entregue ao representante do Ministério dos Transportes, em reunião-almoço da CIC

O presidente da Câmara Municipal de Caxias do Sul, vereador Alberto Meneguzzi (PSB), participou, na manhã desta segunda-feira, 12 de março, da entrega de documento ao Ministério dos Transportes, pedindo o apoio do governo federal, na desburocratização da construção do Aeroporto de Vila Oliva. A entrega foi feita ao diretor-geral do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT), Valter Casimiro Silveira, em reunião-almoço na Câmara de Indústria, Comércio e Serviços (CIC). Além do Legislativo, assinaram o ofício o prefeito Daniel Guerra (PRB) e a Presidência da CIC.

De acordo com o Meneguzzi, a ideia da entrega conjunta do ofício é para que ele ganhe respaldo junto à União. “Num momento em que Caxias precisa investir para voltar a crescer, o Executivo, o Legislativo e a sociedade civil estão unidas na mesma pauta. Buscamos o desenvolvimento”, salientou.

Mais de 350 pessoas estiveram no evento, que teve como palestrante o governador do Estado do Rio Grande do Sul, José Ivo Sartori. A pauta foi a atual situação econômica gaúcha. Segundo ele, o esforço é para retomar a capacidade de fazer obras em estradas e investir em saúde, educação e segurança.

No mesmo evento, o diretor-geral DNIT assinou a autorização de início das obras da primeira etapa de duplicação da BR-116/RS, entre os quilômetros 151 e 152, um trecho de aproximadamente 950 metros. O ato também contou com o superintendente-regional do DNIT no RS, Hiratan Pinheiro da Silva, e o deputado federal Mauro Pereira (PMDB).