Meneguzzi Nenhum comentário

Parlamentar enviou ofício à bancada e aos deputados na manhã desta quinta-feira

O vereador Alberto Meneguzzi (PSB) enviou, na manhã desta quinta-feira, 12 de setembro, ofício à bancada e deputados estaduais do Partido Socialista Brasileiro na Assembleia Legislativa do Rio Grande do Sul. No documento, ele se posiciona contrariamente às emendas de R$ 1 milhão por parlamentar, totalizando R$ 55 milhões, propostas pelo governador Eduardo Leite (PSDB) na Lei Orçamentária de 2020. Ele pede que Dalciso Oliveira, Elton Weber e Franciane Bayer abram mão desses valores.

De acordo com Meneguzzi, o ofício tem a concordância dos demais componentes da bancada socialista na Câmara de Caxias, vereadores Edi Carlos Pereira de Souza e Elói Frizzo. Ele argumenta que causa estranheza a movimentação do Executivo Estadual, que disponibiliza apenas R$ 20 milhões para as prioridades da Consulta Popular e, ao mesmo tempo, a liberação de R$ 55 milhões em emendas para os deputados, sendo que a previsão do deficit é de R$ 5,2 bilhões.

Meneguzzi também foi à tribuna da Câmara para falar sobre a iniciativa de pedir que os parlamentares do PSB na Assembleia abram mão dos valores. “Repudio essa ação do governo Leite, que representa as ideias da velha política, tão combatida em campanha. Sou contrário a qualquer tipo de emenda, porque isso não pode servir como moeda de troca para votos favoráveis às propostas do Executivo”, salienta.

Ao final do ofício, ele sugere que a bancada do PSB lute para que sejam destinados mais recursos aos Coredes, tendo em vista a implementação das prioridades da Consulta Popular.

 

Acompanhe a notícia em podcast

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *